CuriosidadeCiências5 fatos curiosos sobre a aspirina

5 fatos curiosos sobre a aspirina

Img Mobile - 5 fatos curiosos sobre a aspirina
Img - 5 fatos curiosos sobre a aspirina




A aspirina é um medicamento muito utilizado no mundo todo. O principal ingrediente da aspirina, que é encontrado em extratos vegetais, tem sido usado por séculos como analgésico.

No final de 1800, um químico sintetizou um composto, chamado ácido acetilsalicílico, que foi bem tolerado pelas pessoas e transformado nos comprimidos das famosas aspirinas que nós utilizamos hoje.

Além de aliviar a dor, a aspirina pode ter vários outros efeitos sobre o corpo. Agora vamos apresentar para vocês 5 fatos curiosos sobre a aspirina:


1 – Aspirina reduz o risco de ataques cardíacos - Tomar uma dose baixa de aspirina por dia pode reduzir o risco de ataques cardíacos. Isso porque a aspirina impede que as células chamadas plaquetas se aglomerem dentro dos vasos sanguíneos.

Segundo a American Heart Association, é recomendado o uso de aspirina diariamente para pessoas com alto risco de ataque cardíaco, ou que tenham sobrevivido a um ataque cardíaco. No entanto, as pessoas devem falar com o seu médico antes de adotar a aspirina, pois o medicamento pode ter efeitos secundários, como o aumento do risco de hemorragia gastrointestinal.


2 – Aspirina aumenta o risco de zumbido no ouvido - Tomar aspirina pode aumentar o risco de zumbido nos ouvidos. O risco é mais provável entre aqueles que tomam altas doses de aspirina, de 8 a 12 comprimidos por dia.

Segundo a Universidade da Califórnia, o ácido salicílico, um produto da decomposição do principal ingrediente da aspirina, pode danificar o ouvido interno.


3 – Aspirina reduz o risco de câncer - Estudos descobriram uma ligação entre tomar aspirina regularmente e um risco reduzido de câncer, principalmente o câncer de cólon. Um estudo publicado em 2011 descobriu que tomar duas aspirinas por dia reduz a taxa de câncer de cólon em 63% das pessoas com alto risco de câncer. Outro estudo publicado descobriu que a aspirina diária diminuiu o risco de morte por câncer.

Apesar da crescente evidência ligando o uso regular de aspirina com um risco reduzido de câncer, a droga ainda não é recomendada como uma maneira de prevenir a doença.


4 – Aspirina aumenta o risco de síndrome de Reye - Crianças que tomam aspirina podem estar em um risco aumentado de síndrome de Reye, uma doença rara, caracterizada por lesões cerebrais súbitas e por problemas de fígado. Os sintomas podem incluir vômitos prolongados, confusão mental e convulsões

A aspirina é aprovada para uso em crianças com mais de 2 anos de idade, mas o medicamento nunca deve ser dado a crianças que estão se recuperando de uma gripe ou de catapora.


5 – Aspirina e Problemas na gravidez - A aspirina e outros medicamentos não-esteróides anti-inflamatórios (NAIDS), não são recomendados durante a gravidez, especialmente no último trimestre. A aspirina afeta a coagulação do sangue e pode aumentar o risco de sangramento na mãe ou no feto. O medicamento também pode afetar a capacidade dos vasos sanguíneos no coração do bebê.


Fonte: Livescience.





Img - 5 fatos curiosos sobre a aspirina
+ Sobre essa Curiosidade: Aspirina Medicamento
Comentários:

Curiosidades Relevantes