CuriosidadeCiênciasA penicilina e o perigo das super bactérias

A penicilina e o perigo das super bactérias

Img Mobile - A penicilina e o perigo das super bactérias
Img - A penicilina e o perigo das super bactérias




O medicamento conhecido como antibiótico é uma substância que pode interagir com organismos unicelulares ou pluricelulares que causam infecções no organismo animal. Seu efeito é de matar o microorganismo invasor. A penicilina é a substância antibiótica que mudou totalmente a história da medicina. Porém, seu uso indevido pode gerar superbactérias.

Em 2011 a Organização Mundial de Saúde emitiu um comunicado alertando que era necessário o combate à resistência antimicrobiana. Essa resistência acontece quando bactérias se tornam mais resistentes que os remédios usados para combatê-las.

A própria Organização Mundial de Saúde admite que esse não é um problema novo, mas que tem se tornado mais comum. Isso tem atrapalhado procedimentos de combate ao câncer e cirurgias de transplante com mais freqüência. A contaminação de um enfermo por uma superbactéria em área hospitalar aumenta o período de internação e eleva o risco de morte. Ainda de acordo com a Organização, em todo o mundo surgem por ano cerca de 400 mil casos de tuberculose muito resistentes aos medicamentos. Desses, 150 mil morrem.

A situação se agravou pelo uso indiscriminado de medicamentos, abandono de tratamento, remédios de baixa qualidade e prescrições incorretas. A falta de controle do Estado na distribuição do antibiótico também aumenta o risco do surgimento das superbactérias.

Por isso, a Anvisa determinou que antibióticos só serão vendidos no Brasil com apresentação de duas vidas de receitas médicas. Isso deve restringir a automedicação e ajudar a combater o problema.

Juliana Miranda - Equipe do SitedeCuriosidades.com





Img - A penicilina e o perigo das super bactérias
+ Sobre essa Curiosidade: Penicilina Antibiótico Bactéria Doença
Comentários:

Curiosidades Relevantes