CuriosidadeCiênciasEstresse altera o cérebro das crianças

Estresse altera o cérebro das crianças

Img Mobile - Estresse altera o cérebro das crianças
Img - Estresse altera o cérebro das crianças




Um estresse intenso e duradouro pode desferir um golpe terrível em crianças, dizem os pesquisadores que descobriram que uma área do cérebro ligada à memória é reduzida nas crianças que sofrem estresse crônico em comparação com crianças mais tranquilas.

As diferenças no cérebro também deram luz a capacidade cognitiva, e mostraram como essas crianças com vida altamente estressantes têm desempenho pior do que outras crianças em testes de memória. As crianças altamente estressadas ??também tiveram mais problemas com testes de memória de curto prazo, incluindo tarefas como encontrar um token em uma série de caixas, disseram os pesquisadores.

"Todas as famílias experimentam algum stress, por isso, é importante notar os efeitos que os diferentes níveis de estresse podem causar nas crianças". O pesquisador Jamie Hanson, estudante de psicologia da Universidade de Wisconsin-Madison, disse a LiveScience, que alguns exemplos extremos podem incluir membros da família que sejam vítimas de crimes violentos ou doenças crônicas como a causa de estresse em crianças.

A pesquisa, detalhada na edição de 06 de junho do Journal of Neuroscience, acrescenta outra evidência dos impactos do estresse mostrando que as crianças expostas a várias instâncias de violência tem um aumento rápido do nível celular. Outro estudo mostra que o estresse infantil pode evoluir e durar anos na vida de uma pessoa.

Avaliando o estresse
A equipe foi inspirada por um trabalho com animais que encontrou uma ligação entre estresse e alterações cerebrais, particularmente no córtex pré-frontal, que está relacionado com a memória.

Assim, com financiamento do National Institutes of Health, os pesquisadores realizaram entrevistas com 61 crianças com idades de 9 a 14 anos, perguntando sobre eventos estressantes ao longo de suas vidas.

Eles também usaram a ressonância magnética (MRI) para fazer a varredura do cérebro de cada participante, com o objetivo de encontrar o cingulado anterior, que reside no córtex pré-frontal, e analisar a região cerebral de crianças altamente estressadas. O córtex cingulado anterior tem um papel importante nas tarefas emocionais e cognitivas, incluindo a chamada memória espacial, onde a informação espacial pode ser processada e acessada rapidamente.

"Estas são diferenças sutis, mas existem diferenças ligadas a importantes habilidades cognitivas", disse Hanson.

Os pesquisadores também observaram diferenças nas quantidades de massa cinzenta e massa branca do cérebro, sendo que os dois tipos de tecido apresentaram volumes menores no grupo estressado em comparação com o não tão estressado. (Lembrando que a massa branca do cérebro compreende os longos apêndices por onde os neurônios transmitem sinais elétricos usados ??pelas células para se comunicar; e a massa cinzenta é formada pelos corpos celulares que usam essencialmente a informação compartilhada pela massa branca para "fazer a matemática.")


Cicatrizes permanentes?
Hanson e seus colegas não têm certeza do mecanismo por trás das ligações entre o estresse e as alterações cerebrais, embora tenham algumas idéias.

"A exposição a níveis muito elevados de estresse pode mudar substâncias químicas importantes no cérebro e no corpo", disse Hanson, observando duas substâncias químicas de particular interesse, o cortisol e a dopamina. O hormônio cortisol tende a aumentar com o estresse e pode afetar as células do cérebro, disse Hanson.


Há também a chance do desenvolvimento do cérebro ser temporariamente atrofiado.
"Nós não estamos tentando argumentar que o estresse causa cicatrizes permanentes ao cérebro. Não sabemos como é que o estresse afeta o cérebro", disse Hanson. "Temos apenas uma ideia a partir do que vimos em ressonâncias magnéticas, e, neste ponto, não entendemos se isto é apenas um atraso no desenvolvimento ou uma alteração duradoura. Pode ser que, porque o cérebro é muito plástico, muito capaz de mudar, as crianças que tenham sofrido de estresse possam recuperar essas áreas do cérebro com o passar do tempo."





Img - Estresse altera o cérebro das crianças
+ Sobre essa Curiosidade: Estresse Cérebro Criança
Comentários:

Curiosidades Relevantes

  • Top 10 mitos sobre o cérebro

    O cérebro humano é uma máquina perfeita e que ainda guarda muitos mistérios. O sistema nervoso humano é responsável pelas funções vitais, pela inteligência ...
    Leram 33530 Vezes

  • Funcionamento da ATP no cérebro

    O cérebro é o órgão mais importante do corpo humano. Ele é o responsável por várias reações químicas que garantem a energia para o organismo. O ATP (trif...
    Leram 7017 Vezes

  • É possível fritar o cérebro de tanto pensar?

    É comum escutarmos a expressão “Meu cérebro estava fritando durante aquela prova”. Mas será que é mesmo possível fritar o cérebro de tanto pensar? É clar...
    Leram 22971 Vezes

  • O que são as crianças de olhos negros?

    Um estranho caso de crianças com olhos negros como o carvão está sendo relatado em algumas partes do mundo. De acordo com depoimentos, as crianças de olhos ...
    Leram 29714 Vezes

  • Como cérebros humanos poderiam ser haqueados?

    Uma série científica sugere que os cérebros humanos podem ser haqueados assim como os computadores. Mas como seria possível que o cérebro humano ficasse vul...
    Leram 12731 Vezes

  • Sexo - Remédio contra o estresse

    Uma das maiores preocupações das pessoas sobrecarregadas de tensões e responsabilidades é encontrar meios de atenuar os malefícios causados à saúde pelo est...
    Leram 31507 Vezes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • Existe algum clareador de dentes natural?
  • O Universo provavelmente é infinito e limitado
  • Qual o melhor lugar do mundo para as mulheres viverem?
  • As teorias da conspiração mais populares no Brasil
  • Conheça a origem do LSD
  • O que é Lethologica?
  • Você Sabia...
  • Curiosidade sobre Nomes Irlandeses

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.