CuriosidadeCiênciasFalar com "Vozinha" ajuda no desenvolvimento dos bebês?

Falar com "Vozinha" ajuda no desenvolvimento dos bebês?

Img Mobile - Falar com
Img - Falar com




Parece que é instantâneo mudarmos a entonação de voz todas as vezes que chegamos perto de um bebê. Os papais e mamães de primeira viagem também adoram conversar com os pequenos fazendo aquela vozinha que tenta imitar a fala de uma criança. Mas será que isso ajuda ou atrapalha no desenvolvimento dos bebês?

Muitos especialistas concordam que a melhor maneira de falar com um bebê é usando a entonação normal da voz adulta, pronunciando as palavras corretamente. Ao conversar com o bebê do jeito certo, você estará o ajudando a desenvolver suas habilidades linguísticas. O bebê que ouve os pais falando normalmente, que escutam músicas e são estimulados, tendem a falar mais rapidamente e da maneira correta.

Toda criança aprende a falar por repetição, ouvindo o adulto. Por isso, os pais devem dizer as palavras corretamente. Frases inteiras faladas com vozinha de criança e linguagem metafórica podem retardar o aprendizado da linguagem.

Os pais também devem evitar os diminutivos, que tornam a conversa muito infantil. O ideal é usar frases curtas, simples e claras com os bebês. Lembre-se que o desenvolvimento da linguagem é um processo longo e que só termina por volta dos 6 anos de idade. Já as primeiras palavras podem surgir por volta de 1 ano a 1 ano e meio.





Img - Falar com
+ Sobre essa Curiosidade: Bebê
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • O Mito de Prometeu
  • Recorde de Painéis Feito com Moedas
  • Se o sangue é vermelho, por que as veias são azuis?
  • R$1,99 e cadê o 1 centavo de troco? Qual é a origem desses preços?
  • Dispositivo antiadolescente
  • 13 casos de celebridades que apresentam uma semelhança física impressionante
  • Caso de Abdução no Rio de Janeiro em 2002
  • Você sabia que existem bombas nucleares perdidas no mar?

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.