CuriosidadeUniversoLixo espacial e sua preocupação

Lixo espacial e sua preocupação

Img Mobile - Lixo espacial e sua preocupação
Img - Lixo espacial e sua preocupação




Muitos benefícios são conseguidos com os avanços tecnológicos e o desenvolvimento dos programas espaciais. Porém, muitos dos objetos criados pelo ser humano estão em órbita da Terra e são considerados lixos espaciais. Eles podem ser grandes ou pequenos, como matérias de uso pessoal dos astronautas chegado a pedaços de satélites.

A maior parte dos detritos espaciais encontra-se numa área conhecida como Low Earth Orbith, ou órbita terrestre baixa. Grande parte desses objetos possui trajetória irregular e pode colidir entre si.

O lixo espacial pode ainda atingir em alta velocidade algum satélite em operação ou uma espaçonave. Por estar em alta velocidade, o impacto seria semelhante ao de uma bala de fuzil.

O perigo é tão grande que as roupas dos astronautas são preparadas para protegê-los desse tipo de acidente. Outra preocupação é com satélites sem combustível e ainda em órbita. Eles podem ser atraídos pela gravidade da Terra e cair na superfície. Os equipamentos possuem em seus reatores substância como urânio e plutônio. Eles são altamente radioativos.

As agências espaciais já estabeleceram normas para diminuir o lixo espacial. Em 2002 um regulamento internacional de operação espacial foi montado e aceito por 10 países.

Juliana Miranda - Equipe do SitedeCuriosidades.com





Img - Lixo espacial e sua preocupação
+ Sobre essa Curiosidade: Lixo espacial Espaço Satélites
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Por que as estrelas piscam?
  • Qual o melhor lugar do mundo para as mulheres viverem?
  • Por que chamam os buscadores de bola de gandulas
  • Quais os benefícios do amor?
  • Top 10 coisas impossíveis realizadas pelo Chuck Norris
  • A febre do hadoukening japonês
  • Discos Voadores
  • Por que fósseis vivos?

Você Sabia?

Com um lápis é possível escrever uma linha reta de 56 km.