CuriosidadeUniversoO dia em que a ISS quase foi para o espaço, literalmente

O dia em que a ISS quase foi para o espaço, literalmente

Img Mobile - O dia em que a ISS quase foi para o espaço, literalmente
Img - O dia em que a ISS quase foi para o espaço, literalmente




Em 24 de fevereiro de 1997, um problema de ignição no sistema gerador de oxigênio suplementar causou um incêndio na ISS, a Estação Espacial Internacional. O acidente com as chamas subitamente saiu de controle e exigiu que a tripulação colocasse máscaras de gás até que o fogo fosse totalmente extinto.

A estação foi tomada por uma grande nuvem de fumaça. Este acidente, que quase levou a ISS para o espaço, literalmente, ocorreu há vinte anos, e até hoje é lembrado. O incêndio na estação espacial foi relatado pelo astronauta americano, Jerry Linenger, que estava a bordo e escreveu sobre o incidente em seu livro de memórias chamado Off the Planet.

A tripulação conseguiu apagar as chamas e ninguém se feriu gravemente. A causa do acidente foi relatada como uma falha de sistema. Após o episódio do incêndio, a estação foi desativada em 2001.

Leia também:
Para que serve a estação espacial ISS?


Uma situação catastrófica



Astronauta com mascara de oxigenio

De acordo com o que o especialista em incêndio da NASA, David Urban, relatou ao site Universe Today, o incêndio está entre as situações mais catastróficas que uma equipe pode enfrentar em uma estação espacial. Ele afirmou que as opções de fuga são limitadas e as chances de sobrevivência são baixas.

ISS

As estações espaciais podem tolerar apenas incêndios de pequena proporção. Depois desse acidente, a NASA e a Rússia aprenderam como lidar melhor com essas situações e implementaram novos sistemas contra incêndios na Estação Espacial Internacional. Uma das medidas adotadas foi criar diretrizes mais rigorosas para a fabricação de sistemas de suplementos de oxigênio em recipientes. Além disso, os cientistas e pesquisadores também aprimoraram o isolamento de componentes contra altas temperaturas.

Assista aos vídeos da época mostrando como ficou parte da Estação Espacial:



Explicação do Jerry Linenger (Em inglês):


Vale lembrar que, ao contrário dos ônibus espaciais, as estações servem como verdadeiras casas para as equipes de astronautas, que passam longos períodos no espaço. Por isso, esse tipo de estrutura precisa de extrema proteção e sistemas de redundância que garantam a sobrevivência do grupo.

O incêndio com a estação em 1997 ensinou os astronautas como gerenciar um veículo espacial em explorações de longa duração. Atualmente, existem dois sistemas modernos de supressão de incêndios na Estação Espacial Internacional: um sistema de espuma de água nas seções russas e um sistema de dióxido de carbono na área dos Estados Unidos.

Tanque de oxigênio carbonizado
Tanque de oxigênio carbonizado

Nova solução contra incêndios



Agora, a NASA está trabalhando em um método de supressão de incêndio que utiliza névoa de água, um sistema mais moderno com sprinklers, que são chuveiros automáticos instalados em rede. O projeto ainda está em desenvolvimento e deve estar pronto para uso na estação dentro dos próximos dois anos.

Treinamento contra incêndio:


Um relatório da NASA de 2011 destacou a importância da preparação de emergência e dos treinos de segurança para as equipes de astronautas. Apenas com a correta preparação, é possível mitigar os danos causados por incêndios.


Fonte/Imagens: Universe Today.





Img - O dia em que a ISS quase foi para o espaço, literalmente
+ Sobre essa Curiosidade: NASA
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • Nova tecnologia identifica possível risco de doenças mentais em adolescentes
  • iPad da Apple vai dominar o mercado até 2014
  • 5 coisas que as mulheres escondem de seus maridos
  • Origem do Carnaval
  • Quais são os cantores mais famosos de 2012 nos EUA?
  • Como fazer currículo?
  • Quem inventou o isopor?
  • Qual a origem do termo Arranca Rabo?

Você Sabia?

O beija-flor tem o menor coração do reino animal.