CuriosidadeTecnologiaProjeto chinês Spaceplane Híbrido pode revolucionar a corrida espacial no século XXI

Projeto chinês Spaceplane Híbrido pode revolucionar a corrida espacial no século XXI

Img Mobile - Projeto chinês Spaceplane Híbrido pode revolucionar a corrida espacial no século XXI
Img - Projeto chinês Spaceplane Híbrido pode revolucionar a corrida espacial no século XXI




A China lançou um projeto ousado chamado Spaceplane Híbrido. O objetivo é revolucionar a corrida espacial no século 21 com um foguete que decola de uma pista comum e voa em uma velocidade hipersônica.

O veículo espacial chinês híbrido foi apresentado em uma transmissão da televisão estatal da China. As imagens mostravam uma nave espacial hipersônica, com um design aerodinamicamente otimizado para acelerar a velocidade a níveis inacreditáveis.

A China espera colocar a tal nave espacial para funcionar até 2030, posicionando o país à frente de outras nações na disputada corrida espacial. A nação já anunciou que essa nave será a maior novidade dos últimos tempos na exploração do universo.


Alta tecnologia chinesa



A China Ciência e Tecnologia Aeroespacial está começando uma investigação avançada com alta tecnologia para revolucionar tudo o que o homem conhece em termos de naves espaciais. O novo veículo será muito mais eficiente do que o antigo ônibus espacial.

A nave terá motores híbridos de ciclo que permitirão que ela decole de qualquer pista de pouso de aeroportos. O equipamento será capaz de voar em linha reta em órbita. Uma vez no ar, o motor altera sua funcionalidade para propulsão e, conforme a velocidade aumenta, ele ajusta o fluxo de ar supersônico.

O veículo híbrido só entraria em voo hipersônico quando já estivesse perto do espaço. O projeto da Spaceplane foi definido como um novo modelo de avião espacial hipersônico.


Protótipos



A China planeja ter protótipos do motor de ciclo combinado e do foguete prontos para testes em 2021. Zhang Yong, engenheiro da CASTC, afirmou que o país vai dominar as tecnologias de naves espaciais nos próximos cinco anos.

Curiosamente, outro engenheiro da CASTC, chamado Yang Yang, mencionou que a nave espacial vai facilitar o acesso ao espaço para pessoas não treinadas, sugerindo o desenvolvimento de uma versão da nave que poderia ser utilizada para turismo espacial.

A China já vem testando motores turbo-ramjet de ciclo combinado há alguns anos. A ideia é criar o projeto ideal de uma nave capaz de alcançar acelerações em altas velocidades supersônicas. Dada a confiança da CASTC na aplicação das tecnologias preexistentes, é bastante provável que a China consiga realmente construir o seu protótipo até 2021. Este é um projeto extremamente ambicioso.


China: líder mundial



Com isso, a China deseja se tornar líder mundial em uma série de tecnologias-chave para o setor espacial, ultrapassando os Estados Unidos nessa corrida.

Vale destacar que a China já possui uma grande variedade de foguetes espaciais avançados. Agora, o desafio é desenvolver uma nave com uma fuselagem forte o suficiente para resistir aos rigores do voo hipersônico e à reentrada atmosférica.

Basta esperar para ver se a China vai conseguir lançar o projeto dentro dos prazos estabelecidos. Caso o país obtenha êxito no projeto, os resultados serão significativos para o uso civil e para acelerar a corrida espacial mundial.

Com a vantagem dos primeiros testes desse tipo de nave, a China alcançaria o status de superpotência na Terra e no espaço!

Crédito da imagem: Bai Wei, lt.cjdby.net
Fonte: Pop Sci.





Img - Projeto chinês Spaceplane Híbrido pode revolucionar a corrida espacial no século XXI
+ Sobre essa Curiosidade: Avião NASA Nave
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Perdidos no Espaço
  • Como se mede a idade de uma árvore?
  • Paradoxos da Viagem no tempo
  • Quem inventou a guilhotina?
  • Conheça as motos mais inovadoras do mundo
  • Modelo governamental considera quem ganha R$1.020,00 rico
  • Inicio da Ciência na Investigação de Crimes
  • Qual a origem do

Você Sabia?

A Casa Branca tem 13092 facas, garfos e colheres.