CuriosidadeMundo BizarroQuais foram os furacões mais devastadores da história?

Quais foram os furacões mais devastadores da história?

Img Mobile - Quais foram os furacões mais devastadores da história?
Img - Quais foram os furacões mais devastadores da história?




O furacão é um tipo de ciclone tropical e se caracteriza por uma grande perturbação atmosférica. Possui núcleo quente e centro bem definido. A diferença de temperatura e pressão, dentro e fora do furacão, provoca fortes tempestades e ventos que podem chegar a 300 km/h de velocidade.

Ocorrem normalmente em regiões tropicais ou áreas próximas à linha do Equador, onde a circulação atmosférica se movimenta de forma a mover o calor da região equatorial para altas latitudes. Costumam girar no sentido horário no hemisfério sul e anti-horário no hemisfério norte.

Esse fenômeno meteorológico é responsável pelos piores desastres naturais do mundo. Em 1900, um furacão conhecido como Galveston, atingiu o Texas, e matou pelo menos 8 mil pessoas. Um pouco depois, em 1928, cerca de 2,5 mil pessoas foram mortas na Flórida. Mas até hoje o pior registro aconteceu na América Central e Caribe, quando, em 1998 o furacão Mitch causou mais de 10 mil mortes.

Além do elevado número de mortos os furacões deixam para trás milhares de desabrigados e causam prejuízos irreparáveis na agricultura e pecuária, além de custar milhões aos cofres públicos que precisam investir na reconstrução das cidades.





Img - Quais foram os furacões mais devastadores da história?
+ Sobre essa Curiosidade: Furacão Tornado
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Por que não lembramos da época em que éramos bebês?
  • Problemas do sono excessivo
  • Cordilheira do Himalaia
  • A terra com duas luas... É um mito, dizem os especialistas
  • Relógio Atômico
  • Vale dos Templos
  • 14 bons usos para o sal
  • Curiosidades sobre a série Narcos

Você Sabia?

O chocolate ao leite foi inventado por Daniel Peter e vendido ao seu vizinho, Henri Nestlé.