CuriosidadeMundo BizarroQual o índice de saneamento básico do Brasil?

Qual o índice de saneamento básico do Brasil?

Img Mobile - Qual o índice de saneamento básico do Brasil?
Img - Qual o índice de saneamento básico do Brasil?




O acesso ao saneamento básico no Brasil ainda é problemático. Hoje, segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais da metade dos domicílios brasileiros, cerca de 56%, ou 25 milhões de residências, não possuem ligação com a rede coletora de esgoto, e 80% dos resíduos são lançados diretamente nos rios, sem nenhum tipo de tratamento.

Em 2012, uma audiência no Senado Federal para discutir a situação do saneamento básico no Brasil, apontou que “a situação do país no setor é catastrófica e que seriam necessários investimentos de R$ 22 bilhões em sistemas de produção de água e mananciais para manter a atual oferta de água potável em 55% das cidades brasileiras, até 2015”.

Ainda nesse encontro, os senadores destacaram que a ampliação do saneamento básico em comparação ao crescimento das cidades está ficando estagnado.

O governo espera que a aprovação da Política Nacional de Recursos Hídricos possa minimizar estes problemas, possibilitando a inclusão de recursos financeiros suficientes no Orçamento de 2013 para setores responsáveis pela água e pelo saneamento.

Ainda sobre este assunto, uma pesquisa da Fundação SOS Mata Atlântica mostrou que o Brasil não priorizou o saneamento básico nos últimos 20 anos.





Img - Qual o índice de saneamento básico do Brasil?
+ Sobre essa Curiosidade: Brasil Saneamento Básico Esgoto Água
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • Quem é a Vovó Wendy Ida?
  • Quais os celulares mais vendidos em 2015?
  • Top 10 coisas impossíveis realizadas pelo Chuck Norris
  • Top 10 resultados mais óbvios da ciência
  • Emissões de CO2 batem recorde no mundo
  • Curiosos ditados populares do mundo digital
  • Invasão Alienígena, Fotos Incríveis
  • Quais animais que nunca ficam banguelas?

Você Sabia?

Em um tempo de vida médio é possível afirmar que a pele humana é renovada mil vezes.