CuriosidadeMundo BizarroSegundo homem mais rico do mundo defende redução na carga de trabalho para 3 dias

Segundo homem mais rico do mundo defende redução na carga de trabalho para 3 dias

Img Mobile - Segundo homem mais rico do mundo defende redução na carga de trabalho para 3 dias
Img - Segundo homem mais rico do mundo defende redução na carga de trabalho para 3 dias




Uma polêmica entrevista do empresário Carlos Slim ao Financial Times rodou o mundo inteiro. O mexicano, considerado o segundo homem mais rico do mundo, disse que as pessoas deveriam trabalhar menos (muito menos) e ter mais tempo para descansar.

O empresário defende um final de semana com quatro dias de descanso, e uma semana de trabalho com três dias úteis. Segundo a entrevista publicada pelo Financial Times, Carlos Slim acredita que trabalhar três dias por semana é suficiente.

O engenheiro Slim é proprietário de 43% da América Movil, que inclui as empresas Claro, Embratel, Net, entre outras. O empresário defende que os profissionais deveriam trabalhar 11 horas por dia, três vezes por semana. Essa carga horária poderia garantir mais anos de trabalho e produtividade, além de uma vida mais tranquila.

Com o modelo estabelecido por Carlos Slim, os trabalhadores teriam que trabalhar até os 70 ou 75 anos de idade para terem o direito da carga de trabalho de apenas três vezes por semana. Com isso, as pessoas teriam mais tempo para relaxar e mais qualidade de vida.

Na empresa Telmex, que pertence a Carlos Slim, os funcionários já têm a chance de trabalhar com essa política. A filosofia da organização também determina que os profissionais que entraram na empresa quando ainda eram adolescentes têm o direito de se aposentar aos 50 anos de idade, trabalhando quatro dias por semana.





Img - Segundo homem mais rico do mundo defende redução na carga de trabalho para 3 dias
Comentários:

Curiosidades Relevantes