CuriosidadeSobrenaturalSibéria registra crateras gigantes inexplicáveis

Sibéria registra crateras gigantes inexplicáveis

Img Mobile - Sibéria registra crateras gigantes inexplicáveis
Img - Sibéria registra crateras gigantes inexplicáveis




Novas discussões surgiram em relação às gigantescas crateras siberianas que apareceram como um suposto sinal do "Fim do Mundo" na região da península de Yamal, no norte da Rússia, em 2013. Os enormes buracos aumentaram dramaticamente em tamanho, e já superam em mais de 15 vezes suas dimensões originais.

De acordo com o Daily Mail, testemunhas relataram um estranho fenômeno na região onde as crateras gigantes se abriram. Segundo o cientista Dr. Vladimir Epifanov, os moradores confirmaram verbalmente que houve uma explosão que iluminou o céu antes da descoberta da fenda Deryabinsky.

Cratera na Sibéria

As aldeias vizinhas à esta cratera ficam a uma distância de 70 a 100 km. Os habitantes da região afirmaram que ouviram um som forte e viram uma explosão que provocou um grande clarão no céu. Isso teria acontecido cerca de um mês após a queda do meteorito Chelyabinsk, que foi capturado por dezenas de câmeras em toda a Rússia, quando explodiu no céu em março de 2013.

Leia também:
Trombetas do Apocalipse

Últimas datas do fim do mundo


Ao desintegrar-se na atmosfera, o meteorito explodiu com a força de aproximadamente 500 quilotons de TNT. Na época, mais de 1.500 pessoas precisaram de tratamento médico.

Pouco tempo depois, um buraco gigante em solo siberiano foi descoberto por pastores de renas. Este buraco tinha 13,1 metros de largura e cerca de 100 metros de profundidade. Atualmente, a fenda tem mais de 70 metros de diâmetro.

No momento de sua descoberta, o mundo ficou fascinado com sua estranheza, e a fenda foi relacionada ao fim dos tempos. Para os cientistas, as explicações mais sensatas eram de que o buraco tivesse sido feito por explosões de gás ou meteoritos. Já os teóricos da conspiração, disseram que a cratera era obra de extraterrestres ou mísseis militares.

Ainda não há uma resposta definitiva sobre o que realmente causou as crateras em Taimyr e Yamal. No entanto, o consenso científico atual indica que a formação foi causada pelas mudanças climáticas e pelo derretimento da camada de gelo da região.


Culpa da mudança climática?



Nem todos concordam que a mudança climática seja a culpada pelas crateras da Sibéria. Para alguns pesquisadores, a resposta mais plausível é que uma erupção tenha ocorrido no local por causa da pressão de gás metano. Independentemente de sua origem, os grandes buracos siberianos continuam a ser uma excelente fonte de especulação e mistério para o mundo!

Assista ao vídeo


Via [ Inquisitr ]





Img - Sibéria registra crateras gigantes inexplicáveis
+ Sobre essa Curiosidade: Cratera Sibéria
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Qual o índice de saneamento básico do Mundo?
  • A origem do medo de falar em público
  • Ir à faculdade reduz suas chances de se tornar alcoólatra
  • Quais as coisas mais irritantes que os bebês costumam fazer?
  • Top 10 melhores filmes de comédia da história
  • Top 10 brigas de celebridades mais comentadas de todos os tempos
  • O que há por trás da cortina na base militar secreta, Área 51, nos Estados Unidos?
  • Telescópio chileno encontra planetas habitáveis a 40 anos-luz de distância da Terra

Você Sabia?

O orgasmo dos porcos dura cerca de 30 minutos.