CuriosidadeCiênciasSíndrome Pulmonar por Hantavírus (HPS)

Síndrome Pulmonar por Hantavírus (HPS)

Img Mobile - Síndrome Pulmonar por Hantavírus (HPS)
Img - Síndrome Pulmonar por Hantavírus (HPS)




A Síndrome Pulmonar por Hantavírus é uma doença potencialmente mortal, mas muito rara e pouco contagiosa. A transmissão ocorre através da urina, fezes e saliva de roedores infectados, ao inalar o vírus presente no ar, o homem pode contrair a doença e morrer rapidamente caso os sintomas não sejam tratados.

Na fase inicial da doença, que dura de 3 a 6 dias, são comuns dores musculares, febre, mal-estar, dor de cabeça, tonturas, náuseas e dor abdominal.

Na segunda fase surgem alterações mais graves, a respiração e os batimentos cardíacos aceleram sensivelmente, configurando um quadro de taquipneia e taquicardia e evoluindo até causar danos cardiovasculares graves. Rins, fígado e cérebro também podem ficar comprometidos. Essa fase pode durar de 5 a 10 dias.

Após esse período começa a fase mais crítica da doença, onde a pessoa convalesce e morre.

Por apresentar sintomas bastante genéricos, o diagnóstico costuma demorar um pouco. Contudo, febres associadas a comprometimento pulmonar costumam suscitar desconfiança. Normalmente o médico solicita uma radiografia do tórax para confirmar as suspeitas.

Não há cura para a Síndrome Pulmonar por Hantavírus, seus sintomas porém, podem ser tratados e o paciente pode vir a se recuperar, valendo-se de tratamentos de suporte.





Img - Síndrome Pulmonar por Hantavírus (HPS)
+ Sobre essa Curiosidade: Doença Saúde
Comentários:

Curiosidades Relevantes