CuriosidadeCiênciasUsar a poeira de asteróides para combater o aquecimento global pode ser a solução

Usar a poeira de asteróides para combater o aquecimento global pode ser a solução

Img Mobile - Usar a poeira de asteróides para combater o aquecimento global pode ser a solução
Img - Usar a poeira de asteróides para combater o aquecimento global pode ser a solução




Cientistas escoceses vêm trabalhando com uma nova e intrigante ideia para combater o aquecimento global. Eles querem jatear a superfície dos asteróides para criar nuvens gigantescas de poeira que agiriam como filtro solar para o planeta.

Pesquisadores da Universidade de Strathclyde acreditam que um asteróide de tamanho adequado pode ser movido para uma posição próxima à Terra antes de uma gigantesca nuvem de poeira ser soprada em sua superfície. Nesse caso, o fato do asteróide criar uma força gravitacional faria com que o pó fosse mantido na posição original, em vez de ser gradualmente disperso no espaço.

Uma pesquisa feita pelo Painel Intergovernamental das Nações Unidas sobre Mudança do Clima sugere que as temperaturas médias globais vão aumentar entre 1.1 e 6.4 graus Celsius até o final deste século.

Russell Bewick, um dos membros da equipe de pesquisa da Universidade de Strathclyde, disse o seguinte à publicação Ciência Viva: "As pessoas, às vezes, têm ideias de colocar telas gigantes para bloquear o sol. Este não é o caso... O que nós estamos propondo é colocar algo entre o Sol e a Terra que possa agir como uma sombra muito leve ou um filtro. Eu gostaria de deixar claro que eu nunca iria sugerir que a geoengenharia pudesse reduzir as nossas emissões de carbono”.

Pelo estudo, o asteróide seria movido para a posição conhecida como ponto de Lagrange L1, um ponto no espaço onde os campos gravitacionais do Sol e da Terra estão em equilíbrio.

"Podemos ganhar tempo para encontrar uma solução duradoura para combater a mudança do clima na Terra. A nuvem de poeira não é uma solução permanente, mas poderia compensar os efeitos das mudanças climáticas por um determinado tempo para permitir a ação mais lenta de medidas como a captura de carbono”.

Uma proposta anterior para sombrear a Terra consistia em colocar espelhos gigantes no espaço. No entanto, esta teoria é vista como impraticável devido ao enorme custo de construir espelhos gigantes e explodi-los em órbita ou construí-los no espaço.

Outra idéia envolvia o uso de cobertores de poeira para apagar o Sol, num mecanismo semelhante ao das nuvens. No entanto, mesmo que isso fosse consideravelmente mais barato do que colocar espelhos no espaço, acredita-se que a poeira poderia se dispersar devido à atração gravitacional do Sol, da Lua e de outros planetas.

Assim, a equipe escocesa surgiu com a idéia inovadora de utilizar a atração própria de um asteróide gravitacional para efetivamente ancorar a nuvem de poeira. O ponto em que o asteróide seria posicionado, o L1, está a cerca de quatro vezes a distância da Terra à Lua.

O asteróide seria equipado com um "condutor de massa", que atuaria como um mecanismo de manobra do asteróide e também poderia explodir uma nuvem de poeira a partir da sua superfície.

Os pesquisadores identificaram o maior asteróide próximo à Terra, o 1036 Ganymed, como um candidato adequado. Eles acreditam que o Ganymed poderia gerar uma nuvem de poeira grande o suficiente para bloquear 6,58% da radiação solar que atinge a Terra, mais do que o suficiente para combater os atuais níveis do aquecimento global.

A nuvem de poeira gerada teria cerca de 5 quatrilhões (5,000,000,000,000,000) de quilogramas de massa e cerca de 1.600 quilômetros de largura.

O Sr. Bewick disse: "Um asteróide muito grande é uma ameaça potencial para a Terra e, portanto, seria necessário muito cuidado nos testes e implementação dessa proposta".

"Devido a isto, os desafios políticos provavelmente corresponderiam à escala do desafio de engenharia. Mesmo para a captura de asteróides muito menores, provavelmente haverá reservas de todas as áreas da sociedade, embora os riscos sejam muito menores”.

O principal desafio para os cientistas é encontrar uma maneira de mover um grande asteróide de lugar. O Sr. Bewick acrescentou: "A Companhia de Recursos Planetários recentemente anunciou sua intenção de construir minas em asteróides. O estudo no qual eles se basearam sugere que será possível capturar um asteróide com uma massa de 500.000 kg em 2025. Comparar isto com a massa do Ganymed, faz nossa tarefa parecer inviável, pelo menos a médio prazo. No entanto, os asteróides menores poderiam ser movidos e agrupados no ponto de Lagrange.”

Fonte: Dailymail.





Img - Usar a poeira de asteróides para combater o aquecimento global pode ser a solução
+ Sobre essa Curiosidade: Aquecimento global
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • Quais os fantasmas mais taradinhos que se tem notícia?
  • A curiosa chuva de diamantes em Urano e Netuno
  • A origem do aplauso
  • Problemas nas bússolas - Triângulo das Bermudas
  • Supercondutores
  • Os Tentaculos da CIA - UFOLOGIA
  • Origem do termo
  • Como Einstein provou a teoria da relatividade?

Você Sabia?

Nenhum ser humano consegue se matar prendendo a respiração.