12 razões pelas quais as pessoas são infiéis aos seus parceiros

12 razões pelas quais as pessoas são infiéis aos seus parceiros
Por Juliana Miranda

Você já foi traído ou já traiu? Se a resposta é sim, saiba que você não foi o primeiro e nem será o último.

Obviamente, descobrir uma traição é algo bastante doloroso, principalmente quando se ama verdadeiramente o parceiro infiel. Mas o fato é que toda traição tem um motivo.

Existem diversas razões que podem levar uma pessoa a trair. Confira os 12 motivos mais comuns!


As 12 causas mais comuns da infidelidade

Traição

1. Não estar preparado para casar – Algumas pessoas simplesmente não se sentem preparadas para casar e levar o relacionamento a outro nível de compromisso. Nessa situação, a pessoa começa a se sentir extremamente desconfortável, o que abre o caminho para uma traição. Essa é uma forma de fugir da ideia da monogamia.

2. Insegurança – Quando um dos parceiros começa a se sentir muito inseguro na relação, existe uma boa chance de traição. Isso porque a pessoa insegura precisa de validação e provas do interesse alheio para se sentir bem. Se ela não recebe isso do parceiro, é muito provável que busque em alguém de fora que demonstre interesse.

3. Não estar feliz – Se sentir infeliz é uma porta aberta para a traição. Essa é uma forma de escapar da realidade.

4. Deixar de amar – Quando uma pessoa deixa de amar seu parceiro, mas não tem coragem de terminar a relação porque sabe que é muito amado ou porque passou muitos anos ao lado da outra pessoa, ela tem grandes chances de embarcar em uma traição.


Leia também:
Como saber se está sendo traído(a)?


5. Acreditar na poligamia – Algumas pessoas acreditam fielmente na poligamia. Isso significa que elas não acreditam que devam ser fiéis ou ficar com apenas um parceiro/parceira. Essas pessoas conseguem viver felizes levando diversos relacionamentos paralelos.

6. Falta de atenção – Quando uma das pessoas envolvidas na relação começa a sentir que não está recebendo a atenção que merece, ela pode ser infiel para suprir essa carência.

7. Buscar experiências sexuais diversas – Algumas pessoas estão sempre em busca de aventuras sexuais, e isso é claramente um impedimento para a fidelidade. Elas podem até gostar do parceiro/parceira, mas a necessidade de buscar experiências sexuais diferentes é mais forte.

8. Admiração – Existem pessoas que não chegam a trair, mas gostam de ser paqueradas fora da relação. Isso acontece quando elas sentem prazer em ser o objeto de admiração do outro. Contudo, esse é um jogo perigoso e que, eventualmente, pode sim levar à traição.

9. Querer terminar o relacionamento – Quando um dos parceiros deseja terminar o relacionamento, mas não consegue encontrar uma boa razão para fazê-lo, é possível que a traição seja o caminho mais fácil para colocar um ponto final na história.

10. Não se sentir satisfeito na cama – A vida sexual é muito importante para o casal. Então, quando um dos parceiros não se sente satisfeito na cama, é bem provável que comece a trair.

11. Não se sentir satisfeito emocionalmente – A satisfação emocional também é fundamental para manter um relacionamento. Se um dos parceiros não sente essa satisfação, ele acaba se abrindo a novas pessoas e, consequentemente, à traição.

12. Relacionamento sem entusiasmo e paixão – Quando a relação deixa de ser emocionante e divertida e passa a ser monótona e sem entusiasmo, é certo que um dos parceiros vai buscar essa emoção na traição.