CuriosidadeUniversoA história do universo

A história do universo

Img Mobile - A história do universo

Uma breve história do universo.
A espécie humana existe há apenas uma fração minúscula da história do universo. ( Se este quadro estivesse em escala e a existência dos seres humanos se estendesse por sete centímetros, toda a história do universo teria mais de um quilômetro.)


Abaixo, uma breve teoria do big-bang:
1:o cosmos vai através de super-rápida "inflação" a partir de do tamanho de um átomo para uma laranja, se expandindo, em uma minúscula fração de segudo.

2: Na pós inflação, o universo é uma fervilhante e quente sopa de eletrons, quarks e outras partículas.

3:Um rápido resfriamento do cosmos permite aos quarks se amontoarem em prótons e neutrôns.

4: Ainda muito quente, se formam os átomos. Elétrons carregados e prótons previnem a luz de brilhar: O universo é um super nevoeiro quente.

5: Elétrons se combinam com prótons e neutrons para formar átomos, principalmente e hidrogênio e hélio. A luz finalmente pode brilhar.

6: A gravidade faz gases de hidrogênio e hélio se amalgamarem para formar nuvens gigantes que se tornarão galáxias.Grupos menores de gases formam as primeiras estrelas.

7: Como as galáxias se aglomeram junto graças a gravidade, as primeiras estrelas morrem e espalham pesados elementos no espaço: estes eventualmente se tornam novas estrelas e planetas.


Fonte:
http://cinciaeinvestigacao.blogspot.com/2010/01/uma-breve-historia-do-universo.html



+ Sobre essa Curiosidade: Universo Vida Big Bang Cosmos

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Como apagar um incêndio em um poço de petróleo?
  • 20 coisas que você não sabia sobre o surf
  • Já ouviu falar do Vórtice Toroidal?
  • Conheça tecnologias e invenções misteriosas criadas ao longo da história
  • O Mistério do Mourão
  • Três Reis Magos
  • O mar se abre diante da câmera
  • O que impulsiona o mundo?

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.