CuriosidadeInvençõesA invenção do Airbag

A invenção do Airbag

Img Mobile - A invenção do Airbag

O airbag é um item de segurança dos automóveis, muito eficiente para proteger os passageiros. O dispositivo é uma bolsa de ar que ameniza o impacto no momento de uma batida.

O airbag foi inventado há 27 anos. O sistema foi apresentado ao mundo pela primeira vez no Salão do Automóvel de Frankfurt, na Alemanha, em 1987. O primeiro carro com airbag foi o Classe S (série 126).

Antes da invenção do airbag oficial, o Classe S já tinha testado um dispositivo semelhante em 1981. O Sistema de Retenção Suplementar (SRS) fazia parte de um conjunto que protegia o motorista, um tipo de segurança extra.

As pesquisas que resultaram na criação do airbag começaram em 1960. O dispositivo usa sensores que detectam uma colisão. Depois disso, o airbag é inflado em milésimos de segundo. A bolsa do airbag é feita com um tecido especial que evita o choque do passageiro com o painel frontal do veículo.

O airbag para passageiro foi lançado em 1987. O dispositivo começou a se popularizar depois que o item se tornou um opcional em modelos sedãs e cupês da Classe C. A Mercedes-Benz foi uma das primeiras a oferecer o airbag para o passageiro em modelos de médio porte.

O airbag para o motorista se tornou um item de série em 1992. Com o tempo, o dispositivo foi sendo aprimorado. Hoje, existem airbags laterais para a cabeça e para o tórax e até airbags adaptativos.



+ Sobre essa Curiosidade: Airbag Segurança Automóvel
Comentários:

Curiosidades Relevantes

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Ooho: uma nova maneira de beber água e evitar garrafas plásticas
  • As 10 Melhores Curiosidades sobre o Beijo
  • Curiosidades sobre a Bandeira da Austrália
  • Celebridades internacionais que acreditam em extraterrestres
  • Coloque um limão cortado ao lado de sua cama e sinta os benefícios
  • O melhor metal condutor...
  • Quando acabará a água de São Paulo?
  • Coisas que te ensinaram errado na escola

Você Sabia?

É impossível lamber seu próprio cotovelo.