CuriosidadeMundo BizarroA tocha olímpica nunca apaga?

A tocha olímpica nunca apaga?

Img Mobile - A tocha olímpica nunca apaga?

A Tocha Olímpica é o símbolo utilizado para representar a lenda de Prometeu. Na antiguidade, os gregos consideravam o fogo como um elemento sagrado e por isso era comum que templos mantivessem tochas acesas durante a celebração dos Jogos Olímpicos.

Segundo a lenda, Prometeu foi um titã defensor da humanidade que roubou o fogo de Zeus para entrega-lo aos mortais. Como punição, Zeus amarrou Prometeu a uma pedra e ordenou que uma enorme águia comesse seu fígado durante o dia. À noite, o órgão voltaria a crescer, dando continuidade a um eterno martírio. Nesse contexto, o fogo representa o conhecimento e a sabedoria dos deuses.

Desde 1928 a Tocha Olímpica é acesa para comemorar o início dos Jogos Olímpicos, mas foi somente em 1936 que a chama passou a ser transportada de Olímpia, na Grécia, até a cidade-sede dos jogos.

Atletas são escolhidos por uma comissão para serem os responsáveis por transportar a chama – sem apaga-la – até o local de abertura das Olimpíadas. Normalmente, o nome do último portador da chama é mantido em segredo e quase sempre se trata de um esportista importante do país anfitrião.

Através de um eficiente sistema de revezamento a Chama Olímpica é mantida acesa por vários meses, até chegar ao seu destino final, para enfim ser apagada durante a cerimônia de encerramento dos jogos.



+ Sobre essa Curiosidade: Esporte Olímpiadas

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Apple pode comprar a McLaren
  • Rapaz indiano com uma chave fincada em seu cérebro sobrevive
  • Curiosidades sobre o 11
  • 150 pessoas é o número máximo de amigos que você conseguirá ter
  • As 10 mentiras mais usadas pelos patrões nas demissões de funcionários
  • 30 Regras para o Bem Viver
  • 20 fatos incríveis sobre Jogos Vorazes
  • Tribo indígena prevê o apocalipse após oito profecias precisas

Você Sabia?

Senna conquistou 41 vitórias, 161 GPs, fez 2.750 voltas na liderança, 65 poles e ganhou 3 títulos mundiais.