Tecnologia

Adesivos coloridos estão ajudando pessoas cegas a reconhecerem informações

O sistema emprega a câmera do telefone celular para fornecer informações sobre mobilidade em Barcelona, na Espanha!

Um novo sistema, batizado de NaviLens, está sendo usado em Barcelona, na Espanha, para orientar pessoas cegas ou com visão reduzida. A tecnologia consiste no uso de adesivos coloridos, que estão sendo espalhados por diversas localidades da cidade para oferecer informações sobre localização e mobilidade.

O sistema vem sendo testado nos últimos meses e já garantiu diversos benefícios. Os adesivos pixelados estão por todos os lados, indicando todo o sistema de trânsito de Barcelona. Cada adesivo tem uma sequência de quadrados coloridos, dispostos sobre uma base preta. Eles foram colocados em áreas de ônibus, trens e bondes, além de saídas, plataformas, escadas rolantes, bilheterias, interfones e guichês para a compra de passagens.

O programa do Transports Metropolitans de Barcelona (TMB) tem o objetivo de tornar a cidade mais acessível para milhares de cidadãos com deficiência visual. O sistema foi desenvolvido pelo Mobile Vision Research Lab, da Universidade de Alicante, em parceria com a startup espanhola NaviLens.

Com o uso da câmera do smartphone e de um aplicativo gratuito, pessoas com deficiência visual podem escanear os códigos e ouvir quais informações estão armazenadas dentro deles. Entre as informações fornecidas ao público, estão: horários e cronogramas de ônibus e outros modais do transporte público, presença de obstáculos e até descrições físicas do ambiente ao redor.

PUBLICIDADE

Os usuários também podem baixar tags simples e personalizá-las para adicionar a qualquer coisa que quiserem, seja para rotular caixas de comida ou documentos pessoais, por exemplo.

Na prática, o sistema de adesivos coloridos é bastante semelhante aos conhecidos códigos QR (QRCodes), que foram criados em 1994. No entanto, a NaviLens precisou reprojetar o código bidirecional do zero.

Imagem, sistema NaviLens

PUBLICIDADE

À medida que os usuários varrem o ambiente com um smartphone, os sinais de áudio permitem que eles encontrem e centralizem a tag no campo de visão do telefone. As informações podem variar e podem ser programadas em vários idiomas.

O sistema NaviLens está sendo expandido para todas as 159 estações de metrô e 2.400 pontos de ônibus de Barcelona, totalizando dezenas de milhares de tags que formarão uma infraestrutura de realidade aumentada.

A NaviLens também espera expandir esse serviço para outras cidades europeias. Esta é uma tecnologia que vai beneficiar milhares de pessoas em seu dia a dia, trazendo mais segurança, mobilidade e acessibilidade para todos.

Hoje, o mercado de aplicativos de navegação voltados para deficientes visuais já é bastante amplo e conta com opções como: Be My Eyes, BlindSquare, DigitEyes e Moovit.

Fonte / Imagens: Technology review

Veja também:

Japoneses criam mapas 3D para cegos

Por que é obrigatório andar de cinto de segurança nos carros e nos ônibus e vans públicas não?

Sobre o Autor