CuriosidadeCotidianoCyberbullying

Cyberbullying

Img Mobile - Cyberbullying

O Cyberbullying é uma forma de violência virtual, com ofensas e calúnias transmitidas por imagens e comentários espalhados na web. Hoje, o cyberbullying está presente na internet e no celular, tendo um forte poder de propagação.

A agressão virtual deixa sequelas psicológicas graves, levando ao isolamento social e à depressão. O cyberbullying afeta principalmente crianças e jovens, que ficam na internet expostos a todos os tipos de perigos.

As provocações virtuais resultam numa agressão moral, sempre intencional e repetida. O cyberbullying pode acontecer por e-mails ameaçadores, mensagens negativas em redes sociais, torpedos de telefone, vídeos e fotos constrangedoras.

Para os sociólogos, o cyberbullying é uma violência ainda mais cruel e devastadora do que o bullying tradicional. No espaço virtual, as ofensas e provocações são públicas e atormentam as vítimas. Em muitos casos, o constrangimento virtual acaba chegando à vida real, ao cotidiano das pessoas.

No cyberbullying existem três personagens: o agressor, a vítima e o público online. A agressão virtual provoca uma humilhação pública, uma invasão de intimidade e traz o medo e a insegurança.

Uma pesquisa feita pela organização não governamental Plan mostrou que entre os estudantes brasileiros de 10 a 14 anos de idade, 17% já foram vítimas de cyberbullying. O estudo foi feito com 5 mil jovens. Os principais insultos são feitos pelo celular e por textos e imagens enviados por e-mail ou redes sociais.



+ Sobre essa Curiosidade: Bullying Internet

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Frases Sábias
  • 7 coisas incríveis que você precisa saber sobre a Sibéria
  • O Caso Ovni: Zangão da California
  • O que aconteceu no mundo em 21/12/2012, dia do fim do mundo?
  • Curiosidades sobre o Titanic
  • Um lugar misterioso
  • A primeira descoberta científica de um elemento químico
  • Qual o maior prêmio já pago por loterias no mundo?

Você Sabia?

Ficar acordado por 2 semanas pode levar à morte.