Cotidiano

É mesmo perigoso acordar um sonambulo?

Você provavelmente já ouviu histórias que falam sobre o perigo de se acordar alguém que esta sonâmbulo, não é mesmo? A verdade é que, provavelmente, sim. São muitas as informações que cercam esse tipo de acontecimento. É perigoso para a pessoa? Será que ela pode entrar em surto ao ser acordada? Quais são realmente os perigos? E, mais importante ainda, existem mesmo perigos?

Em primeiro lugar, talvez você queira entender de onde vem a crença de que é perigoso acordar um sonambulo. Essa é uma crença muito antiga, apesar de nem sempre as pessoas se darem conta. Na verdade, essa ideia volta a tempos muitos antigos, quando se acreditava que a alma deixava o corpo enquanto estamos dormindo. Dessa forma, despertar uma pessoa sonambula seria como condenar a alma a permanecer presa fora do corpo.

Se você pensa apenas a partir dessa informação, provavelmente vai chegar a conclusão de que o melhor a se fazer é acordar a pessoa – se chegar a ser necessário. Afinal de contas, essa não é uma justificativa lá muito científica. No entanto, vale a pena ter um pouco de cautela nessa situação. O que a ciência nos diz, afinal de contas?

O professor Harriet Hiscock, do Murdoch Children’s Research Institute, na Austrália, explica que a situação pode ser um pouco delicada. Quando uma pessoa esta sonambula, isso significa que ela esta entre o sono leve e o sono profundo, o que significa que seu estado mental naquele momento pode ser muito confuso. Despertar essa pessoa pode representar uma alteração brusca, o que pode gerar problemas. Não se trata de um risco de ataque cardíaco ou morte, mas pode representar um despertar agitado, confuso e perturbado – o que pode causar angústia.

PUBLICIDADE

É possível que, ao acordar nessas condições, a pessoa possa apresentar um comportamento agitado, possivelmente violento ou angustiado. É bom ressaltar que o sonambulismo, por si só, não é bem um risco a saúde ou ao bem-estar do indivíduo. No entanto, o que acontece enquanto a pessoa vaga em estado de inconsciência é que realmente gera riscos.

Sonâmbulos podem andar pela casa, pegar objetos cortantes, esbarrar em quinas, tropeçar e caírem; isto é, se machucarem. Existem registros de pessoas em estado de sonambulismo dirigindo, o que é um demonstrativo do risco que correm. O que fazer então? O mais indicado é apenas observar a pessoa para garantir que ela não vai ferir a si mesma.

Dependendo do contexto, você pode tentar leva-la de volta para a cama, onde pode ser que ela consiga entrar em estado de sono profundo novamente. No entanto, se a tentativa for frustrada, não tente insistir. Observe por mais um tempo e tente novamente depois. É provável que a pessoa não acorde e acabe pegando no sono de novo sozinha. O sonambulismo é bastante visto em crianças e geralmente se resolve sozinho. No entanto, pode se manifestar na vida adulta e, em alguns casos, é recomendado que se procure um médico para lidar com o problema de forma mais adequada e preventiva.

Sobre o Autor

Roberta M.

Gosto de escrever sobre diversos assuntos, principalmente curiosidades e tecnologia. Contato: [email protected]