Existe alguma diferença entre Sabonete Líquido e Sabonete em Barra?

Existe alguma diferença entre Sabonete Líquido e Sabonete em Barra?
Por Juliana Miranda

Você já parou para se perguntar se existe alguma diferença entre lavar as mãos com sabonete líquido ou sabonete em barra? Será que um deles é melhor para manter a higiene das mãos e, consequentemente, a saúde?

Esse debate aconteceu recentemente no Canadá. As pessoas queriam saber se o sabão em barra era mais eficiente contra a sujeira do que o sabão líquido. A ideia era descobrir se seria melhor lavar as mãos com um tipo ou com outro.

Essa discussão, no entanto, não é recente. Há décadas pesquisadores e empresas de sabonete tentam responder a esse questionamento.

Um estudo de 2006 chegou perto de colocar um fim ao debate ao afirmar que o sabonete em barra era a melhor opção, mesmo com críticos que afirmavam que o produto acumulava micróbios depois de molhado. A pesquisa dizia que quando o sabão em barra se misturava com a água, as gorduras do produto formavam uma espuma que aumentava a solubilidade de tudo o que estava na pele, incluindo as bactérias.

Contudo, mesmo depois de lavar as mãos com o sabonete em barras, algumas bactérias permaneciam na superfície da pele. O mesmo acontecia com o próprio sabão, que ficava com um acúmulo de água que favorecia a permanência das bactérias no produto.

Leia também:
Como o sabão limpa?

Felizmente, os pesquisadores descobriram que o fato de o sabão ser solúvel em água acaba reduzindo os prejuízos à saúde e a contaminação. Isso significa que não existe nada de errado em usar o sabonete em barras em casa.

Ainda assim, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças recomendam que as pessoas utilizem o sabonete líquido nas mãos para minimizar o risco de propagação de bactérias nocivas, mesmo que o reabastecimento dos dispensadores de sabonete líquido possa transformá-los em potenciais refúgios para micróbios.

Em resumo, os dois produtos podem ser utilizados, mas o sabonete líquido ainda supera o sabonete em barras na opinião das autoridades de saúde. O ideal é que as pessoas escolham o sabonete que mais gostam ou que busquem a opinião de um médico dermatologista para descobrir a melhor opção para o seu tipo de pele.