CuriosidadeCotidianoPor que beber água não alivia a ardência na língua ao ingerir comida picante?

Por que beber água não alivia a ardência na língua ao ingerir comida picante?

Img Mobile - Por que beber água não alivia a ardência na língua ao ingerir comida picante?

A primeira reação que temos ao ingerir um alimento picante é beber uma grande quantidade de água ou outro líquido refrescante. Contudo, a ardência não cessa e algumas vezes fica ainda mais intensa. Parece loucura, mas água, refrigerante e cerveja são os piores aliados de quem quer se ver livre dos efeitos da pimenta.

Estudiosos acreditam que algumas plantas produzem capsaicina com o objetivo de evitar que mamíferos a consumam, pois as sementes que passam pelo trato digestivo desses animais não chegam a germinar quando expelidas com as fezes. O mesmo não acontece com os pássaros, que são imunes aos efeitos da pimenta e agem como excelentes semeadores.

A capsaicina é um componente químico hidrofóbico, ou seja, não é solúvel em água. Por isso, a sensação de ardência causada pela pimenta não é aliviada pela ingestão desse líquido, ao contrário, a água espalha ainda mais as moléculas picantes pela superfície da língua.

Essas moléculas aderem com facilidade nas papilas gustativas, o que explica a persistência do ardor. Consumir queijos, pães e leite é a tática mais indicada para aliviar a ardência causada pela ingestão de comida picante.



+ Sobre essa Curiosidade: Pimenta Água
Comentários:

Curiosidades Relevantes

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Por que chamam os buscadores de bola de gandulas
  • Se a água é incolor porque o mar é azul ou verde...
  • 10 segredos para ter uma vida plena
  • Nikola Tesla e a chave secreta do universo e da energia livre
  • Mansa Musa, o rei mais rico da Terra
  • A Primeira Máscara de Carnaval
  • Como Descrobir Planetas fora do Sistema Solar
  • Whistleblower revelou que os seres humanos estão em Marte desde 1930

Você Sabia?

Na Idade Média, os casamentos aconteciam sempre no mês de junho.