CuriosidadeCotidianoQuais os presídios menos seguros do mundo?

Quais os presídios menos seguros do mundo?

Img Mobile - Quais os presídios menos seguros do mundo?

Algumas prisões se destacam negativamente por serem as menos seguras do mundo. Nesses locais, onde os detentos deveriam receber condições de ressocialização, eles acabam se tornando ainda mais violentos.

Nos presídios menos seguros do mundo o sofrimento e o medo são constantes. Conheça essas prisões:

Prisão Bang Kwang (Tailândia): Essa prisão é superlotada e muitos prisioneiros ficam loucos no local. A unidade não tem sistema de saúde.

Prisão De Máxima Segurança ADX Florence (Colorado, EUA): Essa unidade tem os piores detentos do mundo. Mortes, torturas e drogas são frequentes no local.

Prisão Quentin (Califórnia, EUA): Essa prisão apresenta má reputação e possui os piores criminosos da Califórnia.

Prisão Diyarbakr (Turquia): Nesta prisão acontecem abusos sexuais e torturas. A unidade apresenta péssimas condições de higiene.

Prisão La Sabaneta (Venezuela): Nesta prisão as doenças se proliferam. Os presos vivem abandonados e acabam se matando dentro da unidade.

Prisão La Sante (França): Esta prisão coloca os detentos em celas cheias de ratos e piolhos, e muitos prisioneiros ficam loucos. O número de suicídios na unidade também é grande.

Prisão Rikers Island (Nova Iorque): Esta prisão é conhecida pelo grande número de prisioneiros com doenças mentais e pelo alto índice de suicídio.

Prisão Tadmor (Síria): A unidade apresenta sérias violações aos direitos humanos e execuções de detentos.



+ Sobre essa Curiosidade: Preso

O site dos curiosos.

Veja também

  • Quanto tempo duram os implantes nos seios?
  • Minhas unhas são terrivelmente amargas
  • Quais as lendas urbanas mais famosas no Brasil e no Mundo?
  • Carro usado mais caro do mundo
  • Os Incríveis Tornados Solares
  • Como saber se está sendo traído(a)?
  • O misterioso olho gigante encontrado na praia
  • Quais países do mundo é obrigatório o visto para turismo?

Você Sabia?

Na Idade Média, os casamentos aconteciam sempre no mês de junho.