CuriosidadeUniversoQual será o destino do Universo

Qual será o destino do Universo

Img Mobile - Qual será o destino do Universo

Se a Teoria da Relatividade Geral estivesse certa, o Universo teria começado com temperatura e densidade infinitas. Em cerca de um centésimo de segundo após o bing-bang, a temperatura teria sido de 100 bilhões de graus, e o universo continha, na sua maior parte, partículas extremamente leves, como fótons e neutrinos e suas antipartículas. Essa descrição inicial (primeiros instantes após o big-bang) é dita para um tempo >= 10-43s, é conhecido como o tempo de Planck, nenhum evento pode ser descrito em um intervalo de tempo menor que o de Planck. Nos três minutos seguintes os primeiros átomos estáveis se formam. Trezentos mil anos depois ocorre a separação de matéria e energia, e o universo denso torna-se transparente à radiação cósmica de fundo. Há bilhão de anos atrás, aglomerados de matéria começaram a formar quasares e estrelas.

Apenas cerca de 15 bilhões de anos depois do big-bang, é que elementos dos quais somos constituídos tal como o carbono e o oxigênio se formam.

Mas até onde vai esta escala cronológica?
O Universo não é eterno. É possível dizer hoje com certeza que ele não ficará como é hoje por muito tempo. O mais provavél é que com a expansão ele se torne mais frio e em um dado momento ele páre de se expandir, e o tempo deixará de existir novamente! O astrônomo Flammarion descreve como chegaremos ao "fim dos tempos": "La misérable race humaine périra par le froid. Ce sera la fin". (" A miserável raça humana morrerá pelo frio. Este será o fim.")

Outra hipótese, sugere que após o movimento de expansão haverá um movimento de contração, e o Universo voltará ao seu estado inicial. Ou seja, há duas possibilidades:

O Universo se expandirá para sempre, ou a expansão parará, e haverá um novo colapso ao estado denso (Big-Crunch).

Ora, se hoje o Universo se expande, é por que em algum momento ele deve ter tido densidade infinita e volume desprezível. A crença de que ele é infinito deve ter surgido de seu tamanho atual: 1 setilhão de Km e aproximadamente 15 bilhões de anos de existência.

Mas, qual o envolvimento dos neutrinos nessa história??
O Universo colapsará somente se a atração gravitacional da matéria contida nele for grande o suficiente para parar a expansão. Mas, quanto é o suficiente de matéria? Infelizmente, ainda não é possível determinar, pois somente 5% da matéria do Universo é conhecida, essa matéria corresponde àquela que irradia radiação eletromagnética,ou seja, pode ser observada pois emite luz, essa radiação por sua vez originou-se cerca de 300.000 anos depois do Big-Bang, quando subitamente o Universo se tornou transparente à radiação eletromagnética. Naquela época a radiação presente correspondia, talvez a uma temperatura da ordem de 105K, à medida que o Universo se expandiu a temperatura foi decrescendo, até os 2,7K dos dias de hoje. Os restantes 95% são chamados de matéria escura ou energia escura, que não emite radiação eletromagnética. Acredita-se, porém que os neutrinos façam parte da composição dessa matéria não observada.

Como 95% da massa total do Universo não é conhecida de fato (somente baseada em hipóteses), não podemos ainda determinar se o Universo continuará se expandindo para sempre. A matéria ou energia escura (lembre: massa e energia são a mesma coisa!!) somente é detectada através da força gravitacional que ela exerce sobre a matéria no espaço. Essa conclusão foi obtida, medindo a velocidade de rotação de galáxias distantes determinadas pelas medidas por Efeito Doppler da luz de aglomerados estelares brilhantes dentro de cada galáxia, a diversas distâncias do centro galático. As conclusões foram de que a velocidade orbital dos corpos na borda externa visível de uma galáxia em rotação é mais ou menos a mesma que a dos corpos que estão nas proximidades do centro.

A única solução coerente com a mecânica newtoniana, é de existir muito mais matéria numa galáxia em rotação do que se pode observar.


Autor:
Silvana Da Dalt

Fonte:
http://www.if.ufrgs.br/tex/fis01043/20031/Silvana/destunivers.html



Comentários:

Curiosidades Relevantes

  • Quantas estrelas existem no Universo

    Primeiro podemos explicar que as estrelas estão dentro das galáxias, as estrelas formam uma galáxia. A nossa galáxia chama-se Via-Láctea, nela existem ...
    Leram 37951 Vezes

  • Por que soluçamos?

    O soluço é algo bastante incômodo para muitas pessoas, e pode acontecer a qualquer momento. O soluço é causado por uma irritação momentânea no nervo frênico...
    Leram 5936 Vezes

  • Portal Magnético Conecta a Terra com o Sol

    Estranho portal conecta Terra ao Sol Portais magnéticos se abrem aproximadamente a cada oito minutos para conectar nosso planeta com o Sol. Quando o por...
    Leram 14764 Vezes

  • A História do Relógio de sol (Gnomon)

    O relógio de sol, o mais antigo objeto usado pelo homem para medir o tempo, funciona observando-se a mudança de posição e comprimento das sombras projetadas...
    Leram 79913 Vezes

  • O que é a obsolescência programada?

    A obsolescência programada é um conceito que já faz parte da história humana desde 1930. Trata-se de um fenômeno industrial adotado por países capitalistas ...
    Leram 9665 Vezes

  • Estrelas Zumbi

    As Estrelas Zumbi, também chamadas de Supernovas de Tipo LA, são áreas do universo que absorvem matéria de estrelas próximas mesmo depois de terem “morrido”...
    Leram 18483 Vezes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • 5 dicas para ter uma boa noite de sono
  • Por que Ilhas Canárias?
  • Jet Fighter: conheça a nova tecnologia testada por militares americanos
  • O que é Crossfit?
  • Os Horários do Nosso Corpo
  • Como apagar um incêndio em um poço de petróleo?
  • Curiosidades Interessantes sobre o Japão
  • Como são nomeados os furacões?

Você Sabia?

A Casa Branca tem 13092 facas, garfos e colheres.