CuriosidadeTecnologiaRobô é nomeado para levar a tocha olímpica

Robô é nomeado para levar a tocha olímpica

Img Mobile - Robô é nomeado para levar a tocha olímpica

Carregar a tocha olímpica dá aos atletas a chance de fazer parte da maior competição esportiva do mundo, mas por que só os seres humanos têm toda a glória? James Law, um cientista da computação da Universidade de Aberystwyth, nomeou um robô para fazer parte dos Jogos Olímpicos de Londres 2012, participando do Revezamento da Tocha.

Law sugeriu que o robô iCub, que foi projetado para aprender com o mundo como uma criança humana, tenha a oportunidade de participar do evento como um tributo ao lendário cientista da computação Alan Turing. "2012 marcará o 100 º aniversário do nascimento de Alan Turing, o fundador da ciência da computação e uma figura que rompeu todos os esforços possíveis durante a Segunda Guerra Mundial", disse ele. "Ter um robô como portador da tocha seria uma homenagem a Alan Turing, e uma inspiração para as futuras gerações de cientistas e engenheiros."

O robô foi nomeado através de um esquema patrocinado pelo Lloyds TSB, mas parece que iCub não cumpre os requisitos mínimos indicados para carregar a tocha, como viver no Reino Unido e ter 12 anos ou mais.

Como uma criança, iCub claramente não passa no requisito idade. E enquanto a exigência de se morar no Reino Unido, o robô não está realmente vivo e isso faz com que qualquer tipo de robô fique longe de se enquadrar no perfil exigido, pelo menos por agora. Talvez, na próxima vez que os Jogos Olímpicos acontecerem em Londres, a história seja diferente.


Tradução de Juliana Miranda.

Fonte:
Créditos da Imagem - Lorenzo Natale
New Scientist



O site dos curiosos.

Veja também

  • Cientistas descobrem Sodoma e Gomorra
  • Curiosidades Curiosas 12
  • 3 Curiosidades sobre Reciclagem
  • Por que o mar é salgado?
  • O que é malaxofobia?
  • Como fazer BO pela internet?
  • Informações sobre o Café e a Cafeína
  • A misteriosa Gouden Vliegtuigjes

Você Sabia?

Em um tempo de vida médio é possível afirmar que a pele humana é renovada mil vezes.