CuriosidadeUniversoA maior estrela do espaço sideral

A maior estrela do espaço sideral

Img Mobile - A maior estrela do espaço sideral

A maior estrela do Universo Observável



Falando de estrelas, a maior estrela do Universo Observável é, por enquanto, VY Canis Majoris. Localizada na constelação de Cão Maior, na Via Láctea, a estrela fica a 5 mil anos-luz de distância da Terra e tem cerca de 2,9 bilhões de quilômetros de diâmetro, o que equivale a algo em torno de 2 mil vezes o tamanho do Sol. A VY Canis Majoris, também conhecida como VY Cma, é de fato tão grande que o seu tamanho equivale a 9 vezes a distância da Terra ao Sol. A estrela, contudo, não é visível da Terra, já que está em morrendo e formando com sua massa uma grande nebulosa, que ofusca a sua visibilidade.

Estrela VY Canis Majoris
Estrela VY Canis Majoris - Crédito da foto: wikimedia


Os maiores objetos siderais



O Universo em que vivemos é um lugar espantosamente vasto, do qual conhecemos apenas uma parcela ínfima. De fato, tudo quanto os telescópios podem observar é restrito àquilo que chamamos de “Universo Observável”, o que pode ser apenas uma pequena parte de um Universo infinito surgido no Big Bang. Contudo, não se engane: o que podemos ver já é de uma monta assombrosa. Estima-se que o raio do Universo Observável a partir da Terra, também chamado de horizonte cósmico da luz, é algo em torno de 14 bilhões de parsecs, ou 46 bilhões de anos-luz. Convertido em quilômetros, isso dá algo em torno de 460 sextilhões. É um número sequer imaginável (460.000.000.000.000.000.000.000).

Há uma questão que dificulta as descobertas de objetos cosmológicos distantes: o espectro eletromagnético é muito amplo. A visão do ser humano abrange uma faixa muito pequena dele. É por isso que, por vezes, são necessários equipamentos que detectam outras faixas, como é o caso do infravermelho, raios-x, raios gama etc. Algumas dessas faixas são mais apropriadas para a detecção dos maiores objetos siderais do Universo Observável.

Depois de falarmos daquela que é maior estrela do Universo Observável (VY Canis Majoris), citemos duas das maiores estruturas de todo esse universo.
O Anel Gama Gigante, ou Anel GRB Gigante, figura entre os maiores objetos do universo que conhecemos, com nada mais nada menos do que 5 bilhões de anos-luz. Se fosse visível no céu da Terra, teria cerca de 70 vezes o diâmetro da Lua. Trata-se de uma série de 9 explosões de raios gama, resultadas da morte de grandes estrelas, que ocorreram de forma praticamente simultânea.

Grande Muralha de Hércules
Grande Muralha de Hércules - Crédito da foto: wikimedia

Contudo, o título de maior estrutura do Universo Observável vai para a Grande Muralha de Hércules, ou Coroa Norte. Esse objeto se estende por mais de 10 bilhões de anos-luz, o dobro do Anel Gama Gigante. Detectado em meio ao monitoramento de radiação gama, o objeto foi nomeado assim pois uma série de explosões de raios gama foram detectadas na direção das constelações de Hércules e Corona Borealis. Contudo, o nome não é preciso, pois a muralha abrange um número maior de constelações. E é um objeto celeste em formação tão grande, mas tão grande, que contradiz o princípio cosmológico da física newtoniana, base da cosmologia moderna.


Veja também:

27 imagens que farão você reconsiderar sua existência



O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Curiosidades Sobre Medidas
  • Zsa Zsa, O cachorro mais feio do Mundo
  • Esperma pode provocar alergia e até morte
  • Ranking do uso de smartphones no mundo
  • Os ministros do supremo tribunal federal são intocáveis? Podem ser presos?
  • A História das Loterias
  • Game of Thrones
  • Como funciona a maconha

Você Sabia?

O chocolate ao leite foi inventado por Daniel Peter e vendido ao seu vizinho, Henri Nestlé.