CuriosidadeUniversoAsteroide 1950 DA

Asteroide 1950 DA

Img Mobile - Asteroide 1950 DA

Os pesquisadores estudam uma forma de impedir que o Asteroide 1950 DA chegue a colidir com a Terra no ano de 2880. Estudos já demonstraram que o Asteroide 1950 DA, que tem mais de 1 km de diâmetro e um alto potencial destrutivo, pode atingir a Terra exatamente no dia 16 de março de 2880.

Pode até parecer uma data muito distante, e você, provavelmente, deve ter pensado: “não estarei mais vivo neste ano”. Contudo, o risco do Asteroide pode afetar de forma definitiva todas as formas de vida no planeta, inclusive a existência das próximas gerações da sua família.

De acordo com estudos da Universidade de Tennessee, nos Estados Unidos, existe uma esperança para que o asteroide possa ser desviado da rota da Terra. O asteroide 1950 DA pode causar estragos e tem 1 chance em 300 de colidir com a Terra a um velocidade média de 60 mil km/h.

A possível colisão com o planeta seria equivalente a 45 mil megatoneladas de dinamite, uma força 2 milhões de vezes superior à potência da bomba atômica. O impacto provocaria tsunamis em todo o planeta.

Para os astrônomos norte-americanos, a única chance de evitar a colisão é desviar a rota do corpo celeste, mas eles ainda não têm uma resposta sobre como realizar esta missão. Os pesquisadores já sabem que o Asteroide 1950 DA é formado por pedaços de rocha que se mantém juntos graças à força de Van der Waals, que apresenta gravidade negativa.



+ Sobre essa Curiosidade: Asteroide Cometa Apocalipse Fim do Mundo
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • Vida alienígena e OVNIs: as 10 maiores personalidades que acreditam no assunto
  • Melhor pedir o RG em... =)
  • Obesógenos
  • Por que sentimos ânsia de vômito ao escutar ou ao ver alguém vomitar?
  • 37 Curiosidades sobre a série Supernatural
  • A Estrela de Belém
  • Qual é o estado físico do vidro?
  • Fenômenos que assombravam os homens

Você Sabia?

Senna conquistou 41 vitórias, 161 GPs, fez 2.750 voltas na liderança, 65 poles e ganhou 3 títulos mundiais.