CuriosidadeUniversoEntenda por que os cientistas estão entusiasmados com as ondas gravitacionais

Entenda por que os cientistas estão entusiasmados com as ondas gravitacionais

Img Mobile - Entenda por que os cientistas estão entusiasmados com as ondas gravitacionais

A comunidade de pesquisa internacional tem feito avanços importantes nos estudos sobre onda gravitacional. Recentemente, duas equipes de pesquisa fizeram seu primeiro anúncio sobre a detecção conjunta de ondulações desse tipo no espaço-tempo.

Essas ondulações foram geradas por ações altamente energéticas. Outra novidade neste segmento é que, em 2017, o comitê do Prêmio Nobel anunciou que concedeu o Nobel de Física a um trio de físicos que trabalhou para detectar ondas gravitacionais.

Caso não tenha lido:
O que são Ondas Gravitacionais?

Os anúncios nessa área têm sido espetaculares para a ciência. Os pesquisadores detectaram ondas gravitacionais em associação com um flash distante de luz visível, isso foi possível graças ao uso de telescópios poderosos. Desta vez, a observação era da fusão, não de buracos negros, mas de duas estrelas de nêutrons, consideradas estruturas estelares extremamente densas.

Cientistas do grupo LIGO, no estado de Louisiana e Washington, nos Estados Unidos, observaram essas ondas. Foi possível, inclusive, detectar a localização da fusão das ondas gravitacionais.

Menos de dois segundos após o LIGO detectar as ondas gravitacionais, dois satélites em órbita registraram um tipo de explosão poderoso, chamado de explosão de raios gama. Essa explosão ocorreu em uma galáxia que fica a cerca de 130 milhões de anos-luz de distância, na constelação Hydra.

Ondas gravitacionais, buracos negros

Usando um conjunto de protocolos estabelecidos para tais detecções de ondas gravitacionais, os pesquisadores notificaram os membros da comunidade astronômica mundial. Eles constataram que a observação da luz visível em conjunto com as ondas gravitacionais é diferente dos exemplos anteriores dessas ondulações cósmicas.

Quando duas estrelas de nêutrons colidem, o resultado pode ser o surgimento de uma única estrela maior ou as duas estrelas podem simplesmente desaparecer em um único buraco negro. Os dados relatados hoje ainda não podem determinar o que acontece nesta instância, mas o mais provável é a formação de um buraco negro acompanhada por uma explosão de raios gama.

Os cientistas do LIGO (Observatório de Onda Gravitacional do Interferômetro Laser) já relataram também a colisão de dois buracos negros, um grande avanço para a ciência e uma prova de importantes teorias de Albert Einstein. Esses eventos estão inaugurando uma nova era na astronomia, na qual os cientistas serão capazes de praticamente enxergar a gravidade.

Descobertas sobre as ondas gravitacionais foram publicadas na Physical Review Letters, um importante periódico da área. Os estudos estão ajudando os pesquisadores a entender melhor os buracos negros e as colisões que acontecem no universo.

A astronomia de ondas gravitacionais vai avançar muito nas próximas décadas, permitindo que o homem descubra coisas que ainda são desconhecidas. No futuro, a astronomia da onda gravitacional pode levar a ciência a compreender melhor a formação do universo, a aprimorar a teoria da relatividade geral de Einstein, a avançar os conhecimentos sobre buracos negros, encontrar fontes de matéria escura no universo e achar também novos corpos celestes e fontes de gravidade.



+ Sobre essa Curiosidade: Gravidade Buraco Negro
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Por que os insetos são atraídos pelas lâmpadas?
  • Como surgiu a continência dos militares?
  • Top 10 dubladores mais famosos do Brasil
  • O motivo e origem de dizerem que nobres tem sangue azul
  • Por que azeite bom é azeite virgem?
  • A História da Escala Richter
  • Quais os melhores sites de namoro da internet?
  • Ervas alucinam mentes e geram curiosidade

Você Sabia?

Ficar acordado por 2 semanas pode levar à morte.