CuriosidadeUniversoEstudos indicam a presença de objetos espaciais próximos à Terra

Estudos indicam a presença de objetos espaciais próximos à Terra

Img Mobile - Estudos indicam a presença de objetos espaciais próximos à Terra

O universo guarda muitos mistérios, e os cientistas, pouco a pouco, vêm desvendando alguns destes dilemas. No espaço, existem bolas de fogo, meteoros e diversos corpos celestes que influenciam a vida na Terra.

Um trabalho bastante importante e interessante vem sendo realizado pelo CNEOS, o Center for Near Earth Object Studies. A instituição vem acompanhando alguns fenômenos astronômicos, como as bolas de fogo, os asteroides e os meteoros que podem estar próximos à Terra. O centro trabalha com sensores altamente especializados, que conseguem detectar a presença destes objetos perto do nosso planeta.

As bolas de fogo e os bólidos são tipos de meteoros excepcionalmente brilhantes, que podem ser vistos em uma área muito ampla. Existe um mapa do mundo que mostra uma representação visual e fornece um resumo de dados cronológicos de todos os eventos de bola de fogo fornecidos pelos Estados Unidos.

Algumas observações terrestres também ajudam a destacar a presença das bolas de fogo, principalmente em eventos noturnos, com impressionantes exibições de luz atmosférica. As bolas de fogo mais brilhantes são aquelas que podem ser facilmente notadas.

Segundo os pesquisadores, um meteoroide é definido como um asteroide ou fragmento de cometa que orbita o Sol. Já os meteoros, ou "estrelas cadentes", são os caminhos visíveis dos meteoroides que entraram na atmosfera da Terra em alta velocidade.

O conceito de bola de fogo é apresentado como um objeto anormalmente brilhante, que atinge uma magnitude visual muito singular. Os objetos que causam eventos de bola de fogo podem exceder um metro de tamanho. Essas bolas têm a capacidade de explodir na atmosfera e podem ser responsáveis por ocorrências de extinção em massa.

Durante a fase de entrada na atmosfera, o objeto impactante é retardado e aquecido pela fricção. Na frente dele, um choque se desenvolve, onde os gases atmosféricos são comprimidos e aquecidos. Parte dessa energia é irradiada para o objeto, fazendo com que ele se desfaça. O objeto causa um desequilíbrio na força das pressões.

Objetos Espaciais, Rochas

Objetos que causam bolas de fogo geralmente não são grandes o suficiente para sobreviver à passagem pela atmosfera da Terra intactos, embora fragmentos, ou meteoritos, possam atingir o solo em alguns casos.

A energia irradiada pelas bolas de fogo para a atmosfera é fornecida em unidade de Joules, uma unidade de energia dada em quilogramas vezes a velocidade ao quadrado, ou kg x (m/s)².

Um evento com um equivalente de energia de mil toneladas de explosivos TNT é denominado um evento de quiloton. Na tabela de dados, a energia irradiada total é sempre menor que a energia total de impacto.

Os estudos do CNEOS conseguem apresentar dados precisos, que fornecem informações sobre a data e a hora de cada evento de bola de fogo, sua localização geográfica, sua altitude e velocidade no pico de brilho. Além disso, o monitoramento também consegue indicar a energia óptica irradiada total e a energia de impacto total calculada.


Conheça o Centro de Estudos CNEOS



O CNEOS é um centro de estudos que calcula órbitas de alta precisão para objetos próximos da Terra. O centro trabalha apoiando o Escritório de Coordenação de Defesa Planetária da NASA.

As soluções do CNEOS são usadas para prever objetos próximos à Terra e produzem avaliações abrangentes das probabilidades de impacto. Cálculos continuamente atualizados de parâmetros orbitais, abordagens aproximadas, riscos de impacto, estatísticas de descoberta e projetos de missão para asteroides estão no campo de estudo do centro.

O CNEOS é a sede do sistema de monitoramento de impactos e realiza análises de longo prazo, indicando possíveis órbitas futuras de asteroides perigosos para a vida na Terra. As possibilidades de impacto são projetadas para o próximo século.

O centro também analisa novas descobertas potenciais de asteroides e calcula os movimentos futuros desses objetos, mesmo antes de eles serem descobertos oficialmente. O CNEOS consegue prever o tempo de impacto, a localização e a geometria de um possível objeto perigoso no espaço.


Registros de bolas de fogo



Existe um gráfico que apresenta todos os registros captados pelos sensores do governo americano entre 15 de abril de 1988 e 20 de novembro de 2018. O gráfico mostra eventos de bola de fogo informados com dados de localização geográfica e com a energia de impacto total calculada para cada evento. Ao passar o mouse sobre os registros é possível obter informações detalhadas.

Registros de bolas de fogo, impacto terrestre
Veja todos os registros de impactos

A tabela também fornece informações sobre a data e a hora de cada evento de bola de fogo reportado com sua energia óptica irradiada total e sua energia de impacto total calculada. Quando relatado, a localização geográfica do evento, a altitude e a velocidade do objeto em seu pico de brilho também são fornecidos.


Fonte: CNEOS



+ Sobre essa Curiosidade: Meteoro Asteroide Fim do Mundo

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Por que a organização Cruz Vermelha escolheu o símbolo da cruz como seu logotipo?
  • Mulheres postam de propósito fotos feias de amigos no Facebook
  • Mistério do Naufrágio do Valbanera: Premonição e Desaparecimentos
  • Curiosidades sobre a Maçonaria
  • Como avaliar meu imóvel?
  • Quais as pessoas mais velhas já citadas da bíblia?
  • Algumas curiosidades sobre o Catar
  • Massagista na Coreia do Sul, só se for deficiente visual

Você Sabia?

Senna conquistou 41 vitórias, 161 GPs, fez 2.750 voltas na liderança, 65 poles e ganhou 3 títulos mundiais.