CuriosidadeTecnologiaFalcon Heavy pode ter transformado asteroides em minas de metais preciosos

Falcon Heavy pode ter transformado asteroides em minas de metais preciosos

Img Mobile - Falcon Heavy pode ter transformado asteroides em minas de metais preciosos

A mineração de asteroides não significa apenas trazer um monumento qualquer e achar que está de bom tamanho, você realmente precisa pousar direito no próprio asteroide.

Falcon Heavy, o foguete mais poderoso do mundo lançado pela SpaceX, e liderado por Elon Musk, pode ter feito algo que realmente mudará o jogo, afirmou um astrônomo.

“Ao invés de encontrarmos centenas de minérios, podemos encontrar milhares asteroides contendo minérios disponíveis”, assim afirmou Martin Elvis, do Centro de Astrofísica Harvard-Smithsonian, numa audiência que aconteceu na reunião anual da American Association for Advancement os Science, em Austin, Texas.

Os asteroides podem estar repletos de minérios e recursos naturais, como água, e metais pesados como a platina. Alguns colunistas espaciais, como a Planteary Resources, esperam conseguir equipamentos de mineração para um desses roids próximos para trazer de volta ao planeta Terra e se transformarem em espaço John D. Rockefeller.

Falcon Heavy

Mas os desafios são enormes. O principal deles é saber como vai fazer para aterrissar nos próprios asteroides?


Asteroide

Os cientistas revelam em cálculos, como os asteroides acessíveis são baseados em uma medida para cada asteroide chamado delta-v, mudança de velocidade. Está é apenas uma abreviação de quanto impulso seria necessário para trocar as órbitas entre a órbita terrestre baixa e a órbita em torno do asteroide, assim escreveu Elvis numa publicação de um dos seus artigos. Acontece que essas medições são feitas numa escala maior, sendo em unidades de quilômetros por segundo. Os asteroides podem ter delta – vs de 4 a 30 k/s.

Nave capturando asteroide
Crédito da Imagem: Martin Elvis/Harvard Business School

Se você assumir um asteroide economicamente valioso, saiba que ele possui um valor de um bilhão de dólares, sendo provável que o seu tamanho seja o de um campo de futebol, de 100 metros, assim escreve Elvis, embora existam milhares de asteroides com materiais diferentes, o que automaticamente faz com que o valor também seja diferente.

O curioso saber é que não há muitos asteroides com mais de 100 metros que também possuem um delta-v baixo, ou seja, em torno de três por cento deles.

Mas para espanto e alegria de muitos, em uma reunião, da AAAS, o Falcon Heavy poderia aumentar esse delta-v com apenas alguns poucos quilômetros por segundo. Uma mudança que certamente faria com que os mineiros acessassem cerca de 45 por cento desses asteroides valiosos.

Asteroides acessiveis atualmente
Crédito da Imagem: Martin Elvis/Harvard Business School

Obviamente, existam diversos outros fatores, como o desenvolvimento da tecnologia para realmente chegar ao asteroide, conseguindo fazer a reposição dos metais preciosos, suposições estas que faz com que todos pensem a respeito da regulamentação, assim como as questões legais.

Além disso, lança todos esses foguetes e processar os metais não pode ser bom para o meio ambiente.

Ainda assim, eles estão chegando próximo de um futuro de ficção cientifica, onde os futuros bilionários poderão se tornar os barões dos asteroides.

Um pensamento que deve ser levado em frente, pois é extremamente perturbador pensar nessa lógica. Os empresários conseguirão ficar ainda mais ricos, graças aos asteroides que foram explorados, resultando na fortuna guardada em cada asteroide.


Fonte: Gizmodo.


Leia também:
Óvni resolve dar as caras ao vivo durante a órbita terrestre do carro Tesla Roadster

Curiosidades sobre Elon Musk



+ Sobre essa Curiosidade: Asteroide Metal Pedra
Comentários:

Curiosidades Relevantes