Cotidiano

Quais as modalidades mais comuns de investimento?

Se você é uma pessoa familiarizada com o mercado de investimentos, provavelmente deve conhecer os principais tipos de aplicações disponíveis. Agora, se você é uma pessoa disposta a investir, mas com pouco conhecimento, confira aqui algumas das opções mais comuns do mercado e decida qual delas é a melhor para suas aplicações.

Lembre-se que os investimentos financeiros podem ser a alternativa ideal para guardar dinheiro para a realização de um sonho, para iniciar um negócio próprio ou para garantir a aposentadoria.

Leia também:

O perfil do investidor Brasileiro

Como investir em ações?

Quando pode ser usado o FGTS?

Principais modalidades de investimentos:

Fundo de investimento – Os fundos de investimentos incluem fundos de renda fixa, renda variável e multimercado. Estas aplicações podem ser feitas em ações, câmbio, imóveis, ouro, entre outras opções. O investimento pode ser feito tanto por pessoas físicas quanto por pessoas jurídicas, sempre com o suporte de uma corretora ou um banco. Existem fundos conservadores, moderados e ousados. O valor mínimo a ser investido depende do tipo de fundo escolhido.

Poupança – A poupança é o investimento preferido do brasileiro. Apesar de ser considerada conservadora e ter baixo rendimento, a poupança tem a vantagem de ser segura e não ter desconto de imposto de renda para pessoa física. Qualquer cidadão pode aplicar na poupança. Para isso, basta ir até uma instituição bancária portando CPF, RG e comprovante de residência. O rendimento da poupança segue a regra de 70% da Taxa SELIC mais a variação da TR.

Câmbio – O investimento em câmbio envolve a compra e venda de moedas estrangeiras, entre elas o Dólar, o Euro e a Libra. O lucro está ligado à valorização da moeda em relação ao Real.

CDB – A sigla CDB significa Certificado de Depósitos Bancários. Este investimento está baseado no empréstimo que o interessado faz para financiar determinado banco. Ao final do prazo estipulado, o banco retornará o valor ao investidor com o acréscimo de juros.

Tesouro Direto – O tesouro direto é um investimento do governo federal. Trata-se da venda de títulos públicos pelo Tesouro Nacional. O investimento está disponível para pessoas físicas, por meio da internet. É possível investir com apenas R$ 30,00. São diferentes tipos de títulos, com boa rentabilidade e liquidez diária.

Ações – As ações são ativos pertencentes às empresas de capital aberto ou sociedade anônima. As negociações acontecem por meio da bolsa de valores. Ao comprar ações de uma empresa, o investidor se torna sócio dela, com direito à participação nos resultados. É um investimento de risco, no qual a pessoa pode perder o dinheiro quando a empresa não vai bem no mercado. Para investir em ações, as pessoas precisam do suporte das corretoras.
Quais as modalidades mais comuns de investimento?

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Cotidiano