CuriosidadeUniversoTelescópio Planck registra "a luz mais antiga do universo"

Telescópio Planck registra "a luz mais antiga do universo"

Img Mobile - Telescópio Planck registra

O telescópio Planck, da Agência Espacial Europeia, divulgou a primeira imagem do cosmos na qual é possível ver a "luz mais antiga" do universo. Essa luz é uma espécie de radiação cósmica de fundo de micro-ondas.

Esse tipo de luz está associada ao big bang, a grande explosão que os cientistas acreditam ter sido a causadora do universo, fato que teria acontecido há cerca de 14 bilhões de anos.

Na linha horizontal brilhante que configura o eixo principal da Via Láctea é possível ver uma radiação de cores magenta e amarelo, que pode ter se formado 380 mil anos após o Big Bang.

Essa radiação de calor só circula pelo espaço graças ao resfriamento do Universo pós-Big Bang, fato que permitiu a formação de átomos de hidrogênio.

O telescópio Planck detecta variações de temperatura nessa radiação. Com isso, ele consegue ajudar os pesquisadores a compreenderem a estrutura do Universo no momento de sua formação.

Os trabalhos que resultaram na imagem da luz mais antiga do universo demoraram mais de seis meses. Os pesquisadores afirmam que as informações coletadas formaram um banco de dados extraordinário para o entendimento do Universo.



+ Sobre essa Curiosidade: Telescópio
Comentários:

Curiosidades Relevantes

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Pérolas de alguns jogadores de futebol...
  • Como funciona o trem bala?
  • Vaca mutante nasce com quatro olhos e duas faces
  • Agora a nova moda no Japão é assistir filme em caixa de papelão
  • Luz brilhante no céu de Canberra foi classificada como UFO
  • Telescópio chileno encontra planetas habitáveis a 40 anos-luz de distância da Terra
  • Chinês projetou sem querer filme erótico em telão de estação por 10 minutos
  • Por que comemos?

Você Sabia?

O beija-flor tem o menor coração do reino animal.