CuriosidadeTecnologiaOs aviões e a rotação da Terra

Os aviões e a rotação da Terra

Img Mobile - Os aviões e a rotação da Terra
Img - Os aviões e a rotação da Terra




A rotação da Terra influencia a forma como os aviões comerciais voam pelos céus do planeta. Segundo pesquisadores, quando as turbinas do avião são acionadas, a aeronave recebe uma força que garante a velocidade e o deslocamento da estrutura. Este movimento não depende da rotação da Terra, mas a rotação pode sim influenciar no tempo de viagem de uma aeronave, assim como a força dos ventos faz.

Em voos muito longos a diferença de tempo pode chegar a 5 horas com ventos de apenas 65 nós (105 km/h). Se o avião contorna a Terra no sentido de rotação, ele demora mais tempo. Já no sentido contrário ao de rotação, ele leva menos tempo para fazer o mesmo trajeto.

A explicação para isso é que a velocidade relativa se alterna nestas duas situações. Quando o avião voa no mesmo sentido de rotação, a velocidade relativa é igual a diferença das velocidades. Já no sentido contrário, a velocidade é a soma destas velocidades.

Quando a aeronave viaja no sentido Norte-Sul, o movimento de rotação não interfere no tempo gasto. Isto é resultado de uma menor distância em relação ao sentido Leste-Oeste, pois a Terra é achatada nos polos. Com relação à dinâmica da rotação da Terra, é possível afirmar que os aviões não alteram os padrões de movimento do planeta.





Img - Os aviões e a rotação da Terra
+ Sobre essa Curiosidade: Aviação Avião Turismo
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • 2012: Tempo do Apocalipse (O que está por vir...)
  • A Lenda do Amuleto de Pata de Coelho
  • Efeito da morte celular em nossas mãos e pés
  • Os casos mais bizarros de fantasmas de 2014
  • Como estimular o afeto através de fotografias de smartphone
  • Por que não cheiramos mal se existem fezes dentro de nós?
  • Nefilins
  • Algumas curiosidades sobre o Catar

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.