CuriosidadeInvençõesA invenção do ácido sulfúrico

A invenção do ácido sulfúrico

Img Mobile - A invenção do ácido sulfúrico

A invenção do ácido sulfúrico é creditada ao alquimista medieval Jabir ibn Hayyan, um árabe que se dedicou ao estudo dos elementos químicos. A evolução desse importante ácido também teve a contribuição do alquimista e médico persa do século IX, ibn Zakariya al-Razi. Foi ele quem obteve a substância pela destilação seca de minerais, por meio do sulfato de ferro, sulfato de cobre e misturas destes sais com água.

O ácido sulfúrico surgiu pelo aquecimento destes compostos. Na prática, eles deram origem ao óxido de ferro e ao óxido de cobre, liberando água e gás trióxido de enxofre, que reagem para produzir uma solução diluída de ácido sulfúrico. O processo é descrito em traduções dos tratados de alquimia islâmicos.

A produção do ácido sulfúrico também foi trabalhada por alquimistas da Europa, como o alemão do século XIII, Albertus Magnus. Ele utilizou o sulfato de zinco, o sulfato de ferro e o sulfato de cobalto para produzir tal substância.

O químico teuto-holandês, Johann Glauber, foi quem preparou o ácido sulfúrico pela combustão de enxofre com salitre (nitrato de potássio, KNO3) e com vapor d’água. Essa experiência aconteceu no século XVII. A oxidação do enxofre com a decomposição do salitre, mais água, dá origem à formação do ácido sulfúrico.

O primeiro homem a produzir ácido sulfúrico em larga escala foi o farmacêutico londrino, Joshua Ward, em 1736.



+ Sobre essa Curiosidade: Ácido
Comentários:

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Quando começa e termina a temporada de furacões e tornados nos EUA?
  • 16 Ilustrações que mostram a decadência da sociedade moderna
  • Como é Produzido o Plástico Biodegradável?
  • Caçador de tesouros descobre fortuna na costa da Flórida
  • Luk Thep, as arrepiantes bonecas tailandesas usadas para dar sorte
  • Curiosidades sobre a China
  • Inteligência vem do Berço
  • O Consumo de Calorias do Cerébro

Você Sabia?

Nenhum ser humano consegue se matar prendendo a respiração.