CuriosidadeCotidianoCriança de 3 anos ficou coberta de larvas de carrapato

Criança de 3 anos ficou coberta de larvas de carrapato

Img Mobile - Criança de 3 anos ficou coberta de larvas de carrapato

Uma mãe preocupada está alertando outros pais sobre o perigo das doenças transmitidas por carrapatos. A decisão foi tomada depois que sua filha de 3 anos ficou coberta de larvas de carrapato pelo corpo, com pintas negras em todas as áreas do corpo.

O carrapato é muito perigoso e se mostra como uma praga, principalmente durante o verão, quando se espalha de forma mais rápida. Por isso, é fundamental ficar atento à presença de marcas pretas pelo corpo depois de passear por áreas rurais, por exemplo. A remoção dos carrapatos é fundamental para evitar doenças.

Em muitos casos, os pais veem um ponto preto na pele da criança e acreditam que possa ser somente uma partícula de sujeira, mas, a verdade é que pode ser a forma larval do carrapato, que se apresenta com uma aparência muito pequena e preta. Em alguns casos, essas larvas de carrapato podem surgir em grupos de milhares.

Uma mãe norte-americana viveu esse pesadelo com sua filha. Em uma tarde quente de verão, Emmalee, de 3 anos de idade, estava brincando em um quintal para se refrescar. Sua mãe, Beka Setzer, entrou para tirar um cochilo. A família vive em Ohio, nos Estados Unidos.

Quando a mãe começou a trocar as roupas úmidas da filha, notou centenas de minúsculos pontos pretos nas pernas. "Eu simplesmente assumi que era semente de grama", disse Setzer à CBS News.

Em seguida, a mulher notou que os pontos pretos não estavam saindo da pele. Com uma inspeção mais profunda, ela percebeu que eram pequenos insetos que estavam presos à pele de sua filha. Cada ponto preto individual representava uma pequena larva de carrapato. Havia mais de 150 pontos pretos na criança. A mãe conseguiu perceber que se tratava de carrapatos minúsculos.

Depois de remover com sucesso todos os carrapatos do corpo da menina, Setzer banhou a filha com sabonete e administrou Benadryl, um remédio para aliviar uma possível reação alérgica. O próximo passo foi encontrar o ninho dos carrapatos e destrui-lo com inseticida tópico.

Na manhã seguinte, Emmalee estava coberta de pequenos vergões vermelhos, uma reação de cada mordida individual que recebeu dos carrapatos. Ela tinha febre, estava letárgica e tinha um grande nódulo linfático inchado. Setzer imediatamente correu para a sala de emergência de um hospital. A criança foi atendida, fez vários exames e teve que ficar dois meses à base de tratamentos com antibióticos, a fim de prevenir doenças transmitidas por carrapatos.

O nódulo linfático que estava inchado no corpo da menina precisou ser removido cirurgicamente, já que seu tamanho e localização próxima à garganta preocuparam os médicos.

A menina com a mae dela e marcas do carrapato

Depois desse terrível episódio, a mãe começou uma campanha nas redes sociais para prevenir outros casos e alertar outros pais. Ela está compartilhando um alerta sobre a "temporada de carrapatos", que, segundo especialistas, acontece durante o verão. A publicação dessa mãe já foi compartilhada mais de 564.000 vezes no Facebook.

“Espero abrir os olhos de outros pais quanto ao tamanho dos carrapatos que deveriam estar verificando - não apenas os carrapatos adultos mais comumente vistos, mas também os carrapatos de larvas”, disse a mulher.

Vale lembrar que, com a chegada do verão e as altas temperaturas, os carrapatos se tornam mais frequentes. Eles se alimentam de sangue. Cada carrapato pode colocar mais de mil ovos ao longo do ano.

Fontes: Viralistas, Weather


Veja também:

Quais animais se alimentam de sangue?



+ Sobre essa Curiosidade: Larvas Inseto

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Do que é feito o fermento?
  • 5 lugares assustadoramente mortais dos quais você nunca ouviu falar
  • Cientistas criam uma nova forma de luz
  • Os Maias
  • Dá para ir para outro país de carro?
  • Como é formado um nevoeiro?
  • Os Misteriosos Registros Akáshicos
  • Parar de Fumar Não Engorda!

Você Sabia?

É possível morrer prendendo o espirro, ou também, se você espirrar muito forte é possível fraturar uma costela.