CuriosidadeCiênciasEm busca da Pílula da Compaixão

Em busca da Pílula da Compaixão

Img Mobile - Em busca da Pílula da Compaixão

A pílula da compaixão é uma verdadeira investigação científica



Todos sabemos que é possível modificar artificialmente o comportamento humano. Álcool, drogas e até certos medicamentos podem alterar nossa maneira de fazer as coisas e até mesmo o nosso caráter. Os cientistas, em busca de um maior conhecimento sobre o cérebro humano, investigam como ele pode ser manipulado. Este fato levanta muitas dúvidas éticas, uma vez que, por um lado, essas investigações podem ajudar as pessoas com doenças, por outro lado, o resultado mal utilizado pode ser assustador. Conheça uma dessas investigações: a "pílula da compaixão".


A "pílula da compaixão"



Pesquisadores das universidades da Califórnia Berkeley e San Francisco colaboraram nesta pesquisa e descobriram que existe um medicamento que atua no córtex pré-frontal do nosso cérebro, alterando o equilíbrio neuroquímico e que isso se traduz em uma mudança em nossos comportamentos sociais. Depois de ingerir este medicamento, aumenta a nossa tendência de ter comportamentos "prosociais" ou de ser mais compassivo.

A pesquisa envolveu 35 voluntários, dividido em homens e mulheres. Eles foram apresentados com um problema de compartilhar dinheiro com estranhos. O primeiro grupo recebeu um placebo e o segundo grupo ingeriu tolcapone. Tolcapone é uma medicação tomada por muitos pacientes de Parkinson. Sabendo que as decisões relativas à justiça econômica / injustiça são feitas no córtex pré-frontal e que essa área do cérebro é afetada pela dopamina, os pesquisadores queriam verificar a consequência de dar aos voluntários o tolcapone, que é conhecido por alongar os efeitos da dopamina. Ninguém sabia quem havia tomado o placebo ou a medicação até o teste terminar. No final, descobriu-se que aqueles que tinham tomado Tolcapone eram muito mais intolerantes à injustiça e mais compassivos em comparação ao outro grupo. É por isso que chamaram o medicamento de "pílula de compaixão".

Olhos Sentindo Compaixão

Eles mostraram que é possível manipular o nível de compaixão se a composição química de seu cérebro for modificada e, portanto, foi comprovado que os comportamentos sociais podem ser mais influenciados pela biologia do que se pensava até então.

Essas investigações podem ajudar tanto a fazer o diagnóstico como a tratar certas disfunções sociais. A tendência é pensar que a imparcialidade é uma característica estável de cada pessoa e, de acordo com o Dr. Hsu, que dirigiu a pesquisa, seus resultados não contradizem esta tese, apenas salientam que essa característica pode ser sistematicamente afetada se o equilíbrio neuroquímico mudar.

Graças a essas investigações, no futuro será possível entender melhor como o aumento ou diminuição de certas substâncias funciona para pessoas afetadas por esquizofrenia, doenças mentais ou vícios e para melhorar suas relações sociais e com o meio ambiente, assim como fornecer novas ferramentas para diagnóstico ou tratamento destas doenças.



+ Sobre essa Curiosidade: Comportamento Justiça Cérebro
Comentários:

Curiosidades Relevantes

  • Top 10 mitos sobre o cérebro

    O cérebro humano é uma máquina perfeita e que ainda guarda muitos mistérios. O sistema nervoso humano é responsável pelas funções vitais, pela inteligência ...
    Leram 40758 Vezes

  • Como cérebros humanos poderiam ser haqueados?

    Uma série científica sugere que os cérebros humanos podem ser haqueados assim como os computadores. Mas como seria possível que o cérebro humano ficasse vul...
    Leram 15169 Vezes

  • Situações estranhas estimulam o cérebro

    Além de oscilações entre momentos ruins e surpresas agradáveis, oportunidades e ofensas, a vida também apresenta contradições A nota de três dólares; a f...
    Leram 23070 Vezes

  • Que destino foi dado ao cérebro do Einstein?

    Quando Albert Eistein morreu nos Estados Unidos, em 1955, uma série de especulações sobre o seu cérebro começaram a circular. Muitas pessoas acreditavam que...
    Leram 45806 Vezes

  • É possível fritar o cérebro de tanto pensar?

    É comum escutarmos a expressão “Meu cérebro estava fritando durante aquela prova”. Mas será que é mesmo possível fritar o cérebro de tanto pensar? É clar...
    Leram 26627 Vezes

  • 8 dicas para manter o seu cérebro em forma

    Na medida em que envelhecemos, nossa agilidade física é comprometida, mas isso não pode ocorrer com a nossa mente.  Confira 8 dicas para manter e prolong...
    Leram 12253 Vezes

  • Treinando o cérebro com jogos

    O site Lumosity.com está fazendo um enorme sucesso apresentando formas de aprimorar o poder do cérebro. Cientistas descobriram que o cérebro pode se reorgan...
    Leram 23229 Vezes

  • O Consumo de Calorias do Cerébro

    As atividades cerebrais só são possíveis devido aos nossos neurônios (células nervosas) retirarem energia do oxigênio e da glicose. Por minuto, os neurôn...
    Leram 17429 Vezes

  • Conhecendo o cérebro e seus hemisférios

    O cérebro humano é um conjunto de milhares de células distribuídas em uma área aproximada de um metro quadrado. Ele recebe cerca de 25% de todo o sangue que...
    Leram 24352 Vezes

Nos siga

O site dos curiosos.

Veja também

  • Os mistérios escondidos na Antártida
  • A Alma para a Ciência e a Evolução dessa Alma
  • Quais os esportes mais populares no Japão?
  • Lista de parasitas mais assassinos da história
  • Velocidade do Som
  • Como manter um nível saudável de insanidade 2...
  • Brasil tem 18 universidades entre as 1000 melhores do mundo
  • Quanto tempo duram os implantes nos seios?

Você Sabia?

Nenhum ser humano consegue se matar prendendo a respiração.