CuriosidadeCotidianoHomem teve soluços ininterruptos por 68 anos

Homem teve soluços ininterruptos por 68 anos

Img Mobile - Homem teve soluços ininterruptos por 68 anos

O livro dos recordes, conhecido como Guinness Book of World Records, tem um fato curioso sobre soluços. A publicação registrou o caso de um homem que soluçou de forma ininterrupta por 68 anos. De acordo com o livro, Charles Osborne soluçou de 1922 até 1990. Ele veio a falecer no ano seguinte ao término dos soluços, em 1991.

Este foi o ataque de soluços mais longo da história até hoje. O Guinness Book relata que os soluços de Charles tiveram início em 1922, quando ele estava pesando um porco que iria para o abate.

O homem disse que estava com o animal pendurado, mas que quando foi pegá-lo acabou caindo. Mesmo sem ter sentido dores, Charles consultou um médico, que disse que ele estava com um vaso sanguíneo do tamanho de um alfinete no cérebro. De acordo com o profissional, Dr. Terence Anthoney, este vaso havia alterado uma pequena parte do cérebro que era responsável por inibir a resposta do soluço.

Charles Osborne Jovem

No início, os soluços de Osborne ocorriam a uma taxa de aproximadamente 40 vezes por minuto, em média. Mas, ao longo de sua vida, isso gradualmente diminuiu para cerca de 20 soluços por minuto, até que eles finalmente pararam misteriosamente um ano antes de sua morte, em 1991.

Segundo o livro dos recordes, estima-se que Charles Osborne tenha soluçado mais de 430 milhões de vezes em sua vida!

Durante os tratamentos que fez para tentar parar os soluços, Charles aprendeu uma técnica que ajudava a minimizar o ruído típico dos soluços. Ele fazia exercícios de respiração, nos quais tinha que respirar metodicamente entre os soluços. A técnica foi ensinada a ele pelos médicos responsáveis pela Mayo Clinic.

Apesar dos soluços frequentes, Charles Osborne conseguiu levar uma vida normal. Ele chegou a se casar duas vezes, teve oito filhos e faleceu aos 97 anos de idade.

Charles Osborne Idoso

O único problema foi que, em determinada fase de sua vida, ele teve que passar a comer os alimentos triturados ou batidos no liquidificador, pois era difícil engolir e permitir que a comida chegasse ao estômago por causa dos soluços. Charles Osborne teve soluços em sua vida por 68 anos e viveu sem os soluços apenas por 29 anos.


Caso recente de soluços ininterruptos



Curiosamente, outro caso envolvendo soluços aconteceu em 2006, quando um homem chamado Christopher Sands, de Lincolnshire, na Inglaterra, teve soluços sem parar por 3 anos. Sands era músico e vocalista de uma banda e teve problemas em sua carreira por causa dos soluços. Ele disse que, às vezes, não conseguia respirar adequadamente e acabava desmaiando por causa dos soluços.

O homem ganhou a atenção da mídia em 2009. Médicos dos Estados Unidos investigaram e descobriram que havia um tumor no tronco cerebral que estava causando os soluços. Depois de uma cirurgia, os soluços pararam definitivamente.

Christopher Sands
Christopher Sands

Só a nível de curiosidade, o nome técnico dos soluços é flutter diafragmático sincrônico ou espasmo diafragmático.


Veja também:

O curioso soluço hipo tratável

Por que soluçamos depois de chorar bastante?

Quer parar de soluçar? A solução pode estar no seu traseiro



+ Sobre essa Curiosidade: Soluço Chorar Vômito

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Curiosidades sobre o jogador de futebol Kaká
  • O abrigo de sementes do juízo final
  • Qual foi o primeiro eclipse documentado da história?
  • O que mais mata pessoas? O calor ou o frio?
  • Estudo comprova que o álcool é a causa direta de sete tipos de câncer
  • Tempestade Magnética (Tempestade Solar)
  • 20 Regras de Etiqueta Adaptadas ao Mundo Moderno
  • Top 10 pessoas mais ricas do mundo em 2018

Você Sabia?

A Casa Branca tem 13092 facas, garfos e colheres.