Invenções

O que é o Metrônomo?

O metrônomo é uma ferramenta muito usada pelos estudantes de música. Compreender corretamente o que é um metrônomo é fundamental para aprender música sozinho, com o suporte de um professor ou até mesmo para ter uma banda.

O metrônomo funciona como um relógio que serve para mostrar o tempo musical, como a melodia está sendo realizada.

Quais são os tipos de metrônomo?

Atualmente, existem dois tipos de metrônomo:

  • Metrônomo digital;
  • Metrônomo físico ou analógico.

O metrônomo digital, o mais comum de ser encontrado atualmente, funciona como um programa de computador, um software de metrônomo, que pode ser baixado no smartphone ou ser usado no computador.

Se você não quiser fazer o download do metrônomo, existem várias opções online, as quais podem ser utilizadas sem sobrecarregar a memória do seu celular.

Outra tecnologia disponível é o metrônomo físico eletrônico, que opera através de uma vibração ou precisa de uma luz para que consiga realizar o sinal sonoro.

O metrônomo mecânico funciona por meio de uma haste e se trata de um equipamento mais antigo, indicado para músicos que preferem este modelo, que gostam de aparelhos vintage, entre outros objetivos.

Qual é a finalidade do metrônomo?

De maneira bem simplificada e muito fácil de entender, o metrônomo tem a função de marcar o tempo da música. Alguns instrumentos já possuem o metrônomo, como é o caso da bateria eletrônica, teclado e o piano digital. Assim, o estudante consegue ser muito mais preciso durante seu aprendizado.

Metronomo e violino

 

Como o metrônomo funciona?

Para funcionar, o metrônomo utiliza as pulsações para determinar o tempo musical, para que o ritmo seja constante e exato durante toda a melodia. Com o suporte do equipamento, o músico consegue compreender melhor qual é a duração correta para cada ação no instrumento, como uma batida na bateria, um toque na tecla do piano ou mesmo um dedilhado na guitarra.

Mesmo assim, o metrônomo pode não atender de maneira eficiente em todos os casos, dependendo da variação rítmica da música, já que muitas melodias costumam apresentar alterações abruptas de ritmo, enquanto o equipamento faz a medição de maneira regular.

Para funcionar, o metrônomo opera por bpm, ou batimentos por minutos, assim ele consegue identificar o pulso correto da música. Nos aparelhos mais antigos, conforme o estudante toca as teclas, o metrônomo identifica o padrão do ritmo musical.

Se a música é muito rápida, o número de bpm, batidas por minuto, também será muito elevado. O intervalo de um metrônomo costuma ser de 250 bpm até 35 bpm. O estudante pode ajustar o aparelho de acordo com o ritmo de batidas que pretende tocar e, assim, seguir o metrônomo.

Quem usa o metrônomo está interessado em manter o instrumento tocando no tempo adequado da melodia, nem mais rápido e nem mais devagar, algo que pode acontecer por descuido ou por falta de uma padronização do tempo musical, obtida pelo metrônomo.

Assim, o instrumento musical é tocado de maneira constante. O baterista é o estudante de música que mais usa o metrônomo, já que ele é responsável por impor o ritmo musical para toda a melodia.

Mesmo assim, para que uma banda, por exemplo, consiga executar uma melodia no tempo correto, com todos os instrumentistas tocando no mesmo ritmo e velocidade, o metrônomo pode ser utilizado.

 

Aprendendo a usar o metrônomo

Alguns aplicativos – Metrônomo

Android
Metrônomo BatidasDownload

Soundbrenner – Metrônomo, Compasso e BPMDownload

iPhone – Ipad (ios)
Metrônomo: Tempo LiteDownload

Metrônomo – Tempo de BatimentoDownload

Metrônomo Download

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Invenções