Cotidiano

Parque de diversão no Japão reabre mas solicita que visitantes não gritem na montanha-russa por causa do COVID-19

A todos os passageiros: mantenha suas mãos e pés dentro do carrinho. Feche a cara e a boca, e nem pense em gritar, pelo bem de todos os passageiros!

Parque temático japonês reabre com uma restrição inusitada, não é permitido gritar na montanha-russa, e tudo isso para evitar que os usuários do brinquedo disseminem o novo coronavírus.

O parque de diversão Fuji-Q Highland adicionou a regra em junho de 2020 após a sua reabertura. Os visitantes devem usar mascara e manter a boca fechada enquanto andam pelas curvas do trajeto da montanha-russa. A restrição é essencial para que o Japão continue a achatar a curva dos casos COVID-19.

A “simples” restrição tem desagradado alguns clientes. Eles afirmam que é extremamente difícil não gritar nos passeios. Os visitantes comunicaram ao parque que as novas regras eram “severas” e “impossíveis”.

Os funcionários do parque responderam dizendo que é perfeitamente possível fazer o passeio sem gritar. Embora não seja tão divertido assim fazer o passeio com a cara amarrada.

Para demonstrar que era perfeitamente possível passear no brinquedo em silêncio, dois executivos do parque fizeram o passeio e enviaram as imagens para o youtube.

Assista:

Em um comunicado da empresa, eles dizem que é simples: mantenha seu grito preso enquanto anda na montanha-russa. “Grite em seu coração”.

Essa montanha russa em especial já foi considerada a mais rápida e a mais alta do mundo. Possui 2km de comprimento, sua velocidade máxima é de 130 km/h num mergulho de 70 metros.

Em uma campanha publicitária, a empresa está usando o vídeo, e está incentivando o público que usa o brinquedo a tirarem uma selfie com a “cara séria”.

Veja:

É importante frisar que a regra é totalmente voluntária, e que os visitantes não serão punidos por sorrirem ou por gritarem enquanto andarem na montanha-russa.

Você conseguiria andar na montanha-russa sem gritar? Deixe nos comentários!

Fonte: Global news

Veja também:

Fatos estranhos sobre quarentenas que ocorreram na história

O Coronavírus e a redução da poluição no mundo

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Cotidiano