Programação televisiva é interrompida por mensagem sobre o fim dos tempos nos Estados Unidos

Programação televisiva é interrompida por mensagem sobre o fim dos tempos nos Estados Unidos
Por Juliana Miranda

No dia 21 de setembro de 2017, telespectadores de estações de TV da Califórnia foram surpreendidos por uma estranha mensagem ao vivo. A programação original foi interrompida e uma voz entrou no ar para anunciar que o fim dos tempos estava próximo.

Os espectadores da Cox Communications, Bravo e HGTV se assustaram quando perceberam que sua programação regular havia sido cortada e que no lugar havia aparecido uma tela com as palavras “Alerta de Emergência”. Ao fundo da estranha mensagem escutava-se um som de pânico.

Uma mensagem falava sobre um programa especial e sobre elementos infiltrados em uma área militar, chamada de Área 51. Outra gravação deixou um aviso de que "tempos extremamente violentos virão".

Algumas pessoas chegaram a imaginar que o Sistema de Alerta de Emergência (EAS), dos Estados Unidos, tivesse sido invadido por hackers. Esse sistema permite que autoridades ocupem as estações de TV e rádio para exibir alertas de emergência importantes, como avisos climáticos severos. Vários telespectadores entraram em contato com as estações de TV para questionar o ocorrido, mas não obtiveram resposta.

Mais tarde, ambos os áudios transmitidos foram rastreados. As gravações pertenciam a um programa de rádio sobre teoria da conspiração chamado Coast to Coast AM e a um programa de rádio cristão.


Esse não foi o primeiro caso de invasão às redes de TV

Em 26 de novembro de 1977, um fato semelhante ocorreu. Uma interrupção da transmissão de TV de uma emissora aconteceu com o uso de um transmissor Hannington da Autoridade de Radiodifusão Independente no Reino Unido. A mensagem da transmissão causou certa confusão e a identidade do hacker permaneceu desconhecida.

Veja:

Neste fato, uma voz interrompeu as transmissões de um jornal por seis minutos e afirmou ser um representante de uma "Associação Intergaláctica". O fato ficou conhecido como "Vrillon".

A voz invadiu a transmissão da estação local ITV Southern Television, superando o sinal de áudio UHF das notícias que eram lidas por Andrew Gardner. A mensagem da invasão dizia que todas as armas do mal existentes na Terra deveriam ser removidas e que os homens tinham pouco tempo para aprender a viver em paz. Depois do incidente, a rede de TV pediu desculpas.

O fato causou preocupação localmente e atraiu uma publicidade considerável nos jornais. O evento foi relatado em todo o mundo.

Entre outras coisas, a mensagem transmitida em 1977 dizia: “Esta é a voz de Vrillon, um representante do Ashtar Galactic Command, falando com você. Durante muitos anos você nos viu apenas como luzes nos céus. Nós falamos com você agora em paz e sabedoria, como fizemos com seus irmãos e irmãs do planeta Terra. Nós viemos avisá-lo do destino da sua raça e do seu mundo para que você possa comunicar aos seus semelhantes o curso que você deve tomar para evitar o desastre que ameaça seu mundo. O planeta passa agora para a Nova Era de Aquário. A Nova Era pode ser um momento de grande paz e evolução para sua raça, mas somente se seus governantes forem conscientes das forças do mal que podem ofuscar seus julgamentos”.