CuriosidadeCiênciasSaiba por que algumas pessoas são alérgicas a exercícios físicos

Saiba por que algumas pessoas são alérgicas a exercícios físicos

Img Mobile - Saiba por que algumas pessoas são alérgicas a exercícios físicos

Você pode até achar que tem boas desculpas para não praticar exercícios físicos, mas algumas pessoas realmente apresentam reações alérgicas quando se submetem a atividades com esforço físico. As pessoas alérgicas a esportes e exercícios sofrem da chamada "anafilaxia induzida pelo exercício", uma condição que afeta cerca de 2% das pessoas do mundo.

Os médicos acreditam que essa intolerância ao esforço físico cause uma reação alérgica, como manchas pelo corpo, coceiras e incapacidade de respirar. A anafilaxia induzida pelo exercício é basicamente uma alergia às atividades esportivas que se manifesta principalmente em exercícios mais vigorosos, como danças, ciclismo, corrida, tênis, entre outras modalidades. Em algumas pessoas mais sensíveis, a alergia pode aparecer até mesmo no caso de caminhadas leves.

Mulher dificuldade para alongar

Apesar de não ser uma doença grave, ela pode obrigar as pessoas a abandonarem suas atividades físicas. A condição é bastante semelhante a outras alergias, e pode ser mais ou menos intensa de pessoa para pessoa.

Durante uma reação alérgica, o sistema imunológico humano cria anticorpos, que são basicamente proteínas no sangue que combatem bactérias e corpos estranhos. Quando alguém com alergia a exercícios físicos faz esforços, os anticorpos são produzidos para lutar contra uma suposta ameaça.

Os anticorpos liberam vários produtos químicos do sistema imunológico, como a histamina, que causa sintomas de alergia, como inflamações na pele. Os principais sintomas desse tipo de alergia são: urticária, rubor e, às vezes, problemas de digestão. Se uma pessoa alérgica não para de se exercitar, ela pode até mesmo sofrer o fechamento da garganta ou a queda da pressão arterial.

Homem fazendo agachamento

Infelizmente, a única maneira de prevenir a alergia é praticar exercícios de menor intensidade. Vale ressaltar que a anafilaxia induzida pelo exercício é uma doença rara e que as pessoas que desconfiam que podem sofrer do problema devem procurar uma consulta médica com o especialista em alergias.

De uma forma geral, a cessação da atividade física já resulta na melhoria imediata dos sintomas. Na fase inicial do problema, a maioria dos pacientes apresenta apenas uma urticária generalizada, mas, em casos mais graves e evoluídos, a alergia pode levar a cólicas, problemas respiratórios, náuseas, vômitos e dor de cabeça frontal e persistente por períodos que podem variar de 24 a 72 horas.

O consumo de alguns tipos de alimentos após a realização dos exercícios físicos pode piorar ainda mais os quadros alérgicos, como trigo, amendoim, mariscos, milho e soja.

Uma pesquisa científica conduzida por Peter Huynh, chefe do departamento de Alergia e Imunologia do Panorama City Medical Center, mostrou que atividades como futebol, corrida e equitação estão altamente associadas a este tipo de crise alérgica. Uma dica importante de prevenção apontada pelo estudo é evitar o exercício físico em clima extremamente úmido, quente ou frio.


Fonte: Emedicine.



+ Sobre essa Curiosidade: Alergia Musculação Atividade Física

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Ciclo vicioso das células explica a doença de Alzheimer
  • A Importância das Nuvens
  • Quais os celulares mais vendidos em 2015?
  • Não deixe de ver a nuvem Glória da Manhã
  • Máquina de Anticítera
  • Animais tem depressão?
  • Curiosidades Incríveis sobre o Chá
  • Hormônios reprodutivos podem dizer se um bebê é mais fofo que outro

Você Sabia?

Em um tempo de vida médio é possível afirmar que a pele humana é renovada mil vezes.