CuriosidadeCotidianoSerá que o que você come no dia dos namorados te faz bem?

Será que o que você come no dia dos namorados te faz bem?

Img Mobile - Será que o que você come no dia dos namorados te faz bem?

Quantas guloseimas ganhamos no dia dos namorados, aqueles bombons trufados, chocolates e doces de todos os tipos, as cestas de café da manhã então, e o almoço e a janta especial, repleto de carnes processadas, molho de macarrão industrializado ou até mesmo, uma salada repleta de molho, e a sobremesa é claro... hummm...

Em todos esses alimentos o açúcar está presente, pois é ele que faz todos esses itens serem deliciosos, além de ser uma importante fonte de energia para o corpo, pois é ele que é utilizado quando a pessoa faz uma atividade que exige mais vigor, mais força, além de ser a principal fonte de combustível para o cérebro. O açúcar é essencial para o ser humano.

O problema é que a maioria das pessoas come uma quantidade absurda de açúcar, onde o ideal seria comer de forma calculada.

E é esse excesso de açúcar no organismo que causa diversos problemas de saúde, como a obesidade, a resistência à insulina, diabetes, aterosclerose, colesterol alto e a pressão alta.

Ele também contribui aumentando os riscos de mortes prematuras por doença cardíaca.

Caixa de Bombom dia dos namorados


Como o açúcar é digerido no corpo?



O organismo foi feito para digerir o açúcar na sua forma natural, encontrado nas frutas, legumes e nos grãos integrais. Estes alimentos contêm simples moléculas de açúcar que são unidas numa cadeia.

O intestino delgado não pode absorver açúcar na forma de uma cadeia de carboidratos, popularmente chamado de amido, então, esses alimentos são decompostos lentamente, com uma molécula de açúcar cortada, uma por uma, até que todas possam ser absorvidas.

É mais ou menos como você pegar um trem quilométrico e ir retirando vagão por vagão.

Quando se ingere o açúcar na sua forma simples, como a sacarose, não há nenhuma cadeia para ser quebrada, e, quando ocorre o contrário, uma inundação de açúcar é liberada no sangue de uma vez só. Com isso, há uma liberação de insulina, para que a glicose seja transportada para os músculos, fígado e outros órgãos para ser armazenada, a fim de serem utilizada num momento de energia.

Isso pode fazer com que a pessoa fique com um sentido lento, com fome, após o pico de glicose no sangue, fazendo com que a pessoa acabe comendo mais calorias do que precisa, aumentando assim, o risco de obesidade.

Existem outras maneiras pelas quais uma dieta rica em açúcar afeta negativamente a sua saúde.

O corpo possui uma quantidade limitada de glicose. Qualquer quantidade que entrar extra será convertida em gordura. Uma parte dessa gordura circula pelo sangue e interfere no trabalho da insulina, o que acaba levando a novos aumentos de níveis de glicose no sangue.

Se isso continuar durante o passar dos anos, a insulina começará a perder a sua eficácia, o que fará com que a glicemia aumente, resultando no que os médicos chamam de resistência à insulina, o que acaba gerando, mais tarde, o diabetes, outro fator importante e perigosíssimo para risco de doenças cardíacas. Quanto mais a glicose circular nos vasos sanguíneos, mais enfraquecidas ficarão as paredes das artérias, ocasionando vazamentos e disfunções, o que pode levar à formação de aterosclerose.


Veja também:



+ Sobre essa Curiosidade: Açúcar Saúde
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Quem foi o primeiro a identificar os elementos fundamentais como terra, ar, fogo e água?
  • Como surgiu a continência dos militares?
  • Sobre o Celular Samsung Galaxy S4
  • Qual a palavra mais usada no mundo?
  • Top 10 maiores estátuas do mundo
  • Uma monstruosa e rara estrela tem expelido quatro sóis
  • Mosquitos ajudam no combate à malária e à filariose
  • Top 5 Raças de cães mais inteligentes do mundo

Você Sabia?

Os monges tibetanos dormem em pé.