Top 10 pragas animais que prejudicam os ecossistemas

Top 10 pragas animais que prejudicam os ecossistemas
Por Juliana Miranda

Alguns animais podem configurar verdadeiros desastres ambientais quando atingem uma grande população e ficam descontrolados em regiões específicas do planeta. Segundo uma Convenção Internacional sobre Diversidade Biológica, uma espécie pode ser considerada invasora quando passa a viver fora de seu habitat natural e prejudica de forma evidente os ecossistemas onde se alojam.

Quando ocorre um crescimento anormal das espécies invasoras em uma região, inicia-se uma praga. Confira o Top 10 dos animais que podem gerar terríveis infestações ambientais:

1 – Ratazana – Esta espécie é um mamífero invasor que existe no mundo inteiro. As ratazanas se adaptam a todos os tipos de ambientes e podem causar problemas para a vegetação, para a saúde humana e para diversos tipos de aves e pequenos animais vertebrados e invertebrados.

2 - Tilápia-do-nilo – Este tipo de peixe alcança até 60 cm de comprimento e 4,3 kg. A espécie foi trazida para o Brasil em 1933, se reproduziu rapidamente e se tornou predadora de diversas espécies nativas.

3 - Abelha-africana – Esta espécie foi trazida para o Brasil pelo Ministério da Agricultura na década de 1950. A abelha é agressiva e se espalhou por todo o continente sul-americano, prejudicando a existência de tucanos, araras e outros pássaros em seu habitat natural. A abelha também ameaçou humanos e animais domésticos, pois tem uma picada letal.

4 - Caramujo-gigante-africano – A espécie foi trazida para o Brasil na década de 80 e se tornou um vetor de doenças que atingem o sistema gástrico e nervoso.

5 - Píton-burmesa – Estas cobras podem alcançar até 6 metros de comprimento e se tornaram um risco para os Estados Unidos. Calcula-se que atualmente o Estado da Flórida tenha 150 mil pítons vivendo em liberdade nas matas e prejudicando todo o ecossistema natural.

6 - Estorninho-comum – Este pássaro europeu foi levado para Nova Iorque, nos Estados Unidos, e causa mais de 800 milhões de dólares em prejuízos para a agricultura todos os anos.

7 - Sapo-cururu – Esta espécie de sapo é nativa da América do Sul, mas foi levada para a América do Norte, Austrália e Caribe. O objetivo era fazer um controle biológico de pragas, mas o sapo causou diversos problemas, principalmente por causa do veneno presente em sua pele tóxica.

8 - Coelho-europeu – Esta espécie invasora é nativa da Península Ibérica, mas se espalhou pelo mundo, causando problemas ambientais e alcançando uma super-população por causa de sua rápida reprodução.

9 – Javali – Esta espécie existe na Europa, América do Norte e Norte da África. Ao ser introduzido na América do Sul, o Javali causou diversos problemas, como a transmissão de doenças e prejuízos para a agricultura.

10 - Formiga Argentina – Este tipo de formiga está presente no mundo inteiro e constrói supercolônias que causam problemas domésticos, prejudicam espécies de lagartos e são resistentes a inseticidas.

Por Juliana Miranda

Top 10 pragas animais que prejudicam os ecossistemas