Animais

Vídeo perturbador mostra homem lutando contra jacaré para salvar cuidadora

É muito difícil tentar imaginar qual seria a nossa reação diante de uma situação de perigo. Mais difícil ainda é tentar imaginar qual seria a reação diante de uma situação de perigo contra nós mesmos. O que você faria? Correria para se salvar? Tentaria ajudar quem precisa de socorro ao seu redor? No fundo, ninguém pode ser julgado nesse tipo de situação.

Existem inúmeras reações químicas e fisiológicas do corpo humano diante de situações estressantes. Uma de nossas primeiras respostas é a liberação de adrenalina, um hormônio capaz de nos deixar alertas e mais dispostos a realizar ações que, provavelmente, jamais realizaríamos em outras circunstâncias.

De maneira geralmente moderada, somos expostos diariamente a situações em que precisamos agir rapidamente. Quando atravessamos uma rua movimentada de carros; quando sentimos a aproximação estranha de alguém; quando nos deparamos com um cachorro aparentemente ameaçador… São muitos os exemplos.

Geralmente, nesses momentos, é possível sentir uma aceleração nos batimentos cardíacos, um aumento na produção de suor, uma sensação de que é preciso fugir a todo custo – como algumas pessoas descrevem. No entanto, nem sempre a decisão é fugir. Muitas vezes, a decisão acaba sendo a exata oposta.

PUBLICIDADE

Com relativa frequência somos apresentados a histórias heroicas, geralmente protagonizadas por pessoas que tiveram milésimos de segundo para pensar e decidiram, ao invés de fugir, agir para tentar resolver o problema. O mais curioso disso tudo é que nem sempre o “ato heroico” é o mais inteligente, ou o mais recomendado, do ponto de vista da autopreservação. Então o que leva uma pessoa a propositalmente se colocar em risco apenas para salvar o outro? Talvez não tenhamos a resposta, mas é sobre isso a história a seguir.

Aniversário virou pesadelo

O aniversário costuma ser um dia muito especial para qualquer pessoa, mas quando se é criança, geralmente as pessoas ao seu redor fazem um esforço a mais para fazer suas vontades. Afinal de contas, só se faz aniversário uma vez e só se é criança uma vez. Mas nem sempre, infelizmente, as comemorações terminam de forma segura.

Foi por isso que um grupo de amigos passou recentemente em uma instalação chamada Scales & Trails Utah, em West Valley City. O local é um centro de répteis que costuma realizar alguns eventos, como receber crianças em datas comemorativas. Geralmente, tudo corre com tranquilidade mas o último dia 14 de agosto foi assustador para todos os envolvidos.

PUBLICIDADE

Acontece que, como parte do show, uma funcionária se aproximou de um tanque onde estava um jacaré. Parte da performance incluía dar comandos ao animal, que os realizaria em troca de comida. No entanto, o bicho, chamado de Darth Gator, não estava interessado em cooperar. O animal, de cerca de 2,4 metros, então abocanhou a mão da funcionária e a arrastou para o tanque.

Imediatamente, o pai de uma das crianças começou a gritar pedindo socorro. A funcionária ainda estava no tanque, rolando com o animal para evitar que seu braço fosse completamente rasgado do restante do seu corpo. Foi nesse momento em que Donnie Wiseman simplesmente entrou no tanque. Ele conseguiu imobilizar o animal, a fim de impedi-lo de continuar girando. Com algum tempo, a funcionária foi libertada e depois Donnie conseguiu se afastar do animal com segurança.

A cena foi filmada por Theresa Wisemann, esposa do herói. Felizmente, segundo a empresa, a jovem funcionária precisou passar por cirurgia mas já se recupera bem. A expectativa é de recuperação total do braço e dos movimentos.

Sobre o Autor

Roberta M.

Gosto de escrever sobre diversos assuntos, principalmente curiosidades e tecnologia. Contato: [email protected]