CuriosidadeHistóricas9 fatos que você deve conhecer sobre o pintor revolucionário Jackson Pollock

9 fatos que você deve conhecer sobre o pintor revolucionário Jackson Pollock

Img Mobile - 9 fatos que você deve conhecer sobre o pintor revolucionário Jackson Pollock

Jackson Pollock era um influente pintor americano que se destacava no mundo da arte como uma figura importante no movimento do expressionismo abstrato, um estilo contemporâneo baseado em tendências informalistas que surgiram em 1940. Seu método particular de trabalho, jogando tinta em suas telas, fez que seus trabalhos se destacassem e lhe rendesse fama e notoriedade.

Descubra alguns fatos desta figura interessante. Jackson Pollock, o pintor que marcou a arte moderna.



1. Sua metodologia de trabalho particular foi única em seu tempo e marcante. Ele usava facas, garfos, gravatas, lenços e, basicamente, qualquer coisa a seu alcance, mas ele não os apoiava na tela, mas jogava os objetos e espirrava tinta, criando coloridas "explosões".

Jackson Pollock e uma de suas pinturas
Jackson Pollock

Pasiphae, 1943
Pasiphae, 1943

2. O artista era um homem reservado e isolado, apesar da fama conquistada. Ele tinha uma personalidade volátil e tinha problemas de alcoolismo, contra os quais ele tentava lutar, mas que lhe custou à vida. Ele morreu aos 44 anos em um acidente de carro.

3. Sua personalidade reservada era um dos seus traços desde a infância. Na adolescência, ele escreveu: "as pessoas sempre me aterrorizaram e me aborreceram, como consequência sempre vivi na minha própria concha".

4. Pollock foi expulso não de uma, mas de várias escolas. Quando ele morava em Los Angeles, Califórnia, ele se matriculou na Los Angeles Handy Arts High School, mas foi expulso da instituição e, em 1928, o mesmo aconteceu em uma escola secundária.

5. A pintura não era apenas o seu comércio, mas também funcionava como uma atividade de cura. Durante uma longa batalha contra o vício, Pollock recebeu tratamento psiquiátrico e, como parte da terapia, ele teve que pintar, pois isso ajudava a controlar sua ansiedade.

6. Pollock batizou muitas de suas pinturas apenas com números e sua esposa, Lee Krasner, explicou que isso ocorria porque o artista considerava que os números eram neutros e, consequentemente, forçaria as pessoas a "ver a pintura em sua forma mais pura”.

The She Wolf, 1943
The She Wolf, 1943

7. Depois de estudar os desenhos que Pollock fez durante sua terapia psicológica, os historiadores começaram a lidar com uma hipótese de que o pintor americano poderia ter sofrido de transtorno bipolar.

8. Seu nome completo era Paul Jackson Pollock, mas em um ponto de sua vida ele decidiu não usar mais a identificação e preferiu usar o pseudônimo "Hugo".

Pollock, Convergence, 1952
Convergence, 1952. A pintura mais famosa do artista.

9. O acidente de carro que levou sua vida ocorreu em 11 de agosto de 1956, quando a poucos metros de sua casa ele bateu em uma árvore após dirigir bêbado.

Veja também:

16 Ilustrações que mostram a decadência da sociedade moderna

A arte mostrando como dizer suas verdades

Estudantes de arte japoneses fazem esculturas gigantes de palha de arroz



+ Sobre essa Curiosidade: Pintura Pintor

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Como é possível que a Suíça esteja com um alerta de tsunami?
  • O que são aceleradores de partículas?
  • Os Males da Coca-Cola
  • Fotos de Fantasmas em Vídeo
  • Lenda Urbana - Palavras Demoníacas nas Musicas da Xuxa
  • Por que ter bichinhos de estimação em casa é bom para as crianças?
  • O Universo provavelmente é infinito e limitado
  • Câmera digital do futuro com sensor de grafeno, mil vezes melhor

Você Sabia?

O único alimento que não apodrece é o mel.