9 Rituais de namoro mais estranhos do mundo

Hoje aplicativos e sites de namoro usam algoritmos que identificam perfis e características que provavelmente escolherá o seu "par perfeito". O que você não sabe é que existe mundo a fora rituais realmente bizarros de cortejo.

Alguns desses rituais são bem esquisitos e violentos aos nossos olhos. E são características das culturas locais.

Bom, dessa vez esqueça o Tinder e confira os 10 rituais de namoro super estranhos do planeta



1. O festival de namoro de Wodaabe


O festival de namoro de Wodaabe
Crédito da foto: Wikimedia

Na tribo africana de Wodaabe os homens que irão namorar são exibidos em um desfile. Os homens Wodaabe valorizam a beleza e passam dias se arrumando para parecerem atraentes para as mulheres.

Durante o festival anual de namoro "Gerewol", o visual enfeitado masculino atinge um outro patamar. Os homens se vestem e ficam bonitos durante o festival que dura uma semana. Eles também participam de uma competição de dança chamada "Yaake". Ao longo do festival, as mulheres apenas curtem e observam os homens, podendo assim escolher seus futuros pretendentes.


2. Cabana do amor Zulu


Cabana do amor Zulu
Crédito da foto: Wikimedia

Depois que uma jovem e seu pretendente estão bem adiantados no namoro, o pai da moça irá construir uma cabana do "amor" em sua propriedade. À noite, a jovem e seu pretendente poderão se encontrar lá, ao invés de de se encontrarem dentro da casa da família.

Ao longo desse processo de cortejo, o pai basicamente ignora o pretendente, até que o pai peça para a sua filha pegar um pouco do gado do pretendente. Assim que ela recebe o gado do namorado, o pai reconhece a existência do noivo e o casal poderá então se casar.



3. As "Garotas Visitantes" do Povo Dai



O povo Dai da China tem um ritual de namoro chamado "garotas visitantes". Mulheres jovens se reúnem ao redor de uma fogueira girando as suas saias giratórias, enquanto um grupo de homens com cobertores vermelhos tocando instrumentos musicais se aproximam delas.

Cada homem escolhe uma mulher e faz uma serenata para ela. Se a mulher gostar do cortejo, ela puxará um banquinho para ele. Ele então colocará o seu cobertor vermelho em torno dela. Um ritual de namoro bem romantico não é?!



4. Rapto de noivas "Ala-Kachuu (tomar e fugir)" - Quirguistão




Se você era homem antes de 2013 no Quirguistão e encontrasse uma mulher de quem gostou e se interessou para casar, bastava simplesmente sequestrar a moça ou a mulher e a forçar a se casar com você. Essa era uma tradição antiga. Nessa prática criminosa, muitas vezes o homem conhecia a mulher que estava sequestrando, mas em muitos casos, ele não a conhecia.

O sequestro de noiva está sendo submetida a repressões mais severas desde 2013, que punem os agressores com de prisão de até 10 anos. Porém a prática ainda continua acontecendo até os dias atuais, principalmente na áreas rurais.


5. Maçã suada na Áustria rural do século 19


Flavorwire
Nessa época as mulheres solteiras colocavam fatias de maçã em suas axilas e dançavam até ficarem bem suadas. Depois que terminavam de dançar, elas davam suas fatias de maçã encharcadas de suor para seu pretendente. Seus parceiros, então, comiam as maçãs suadas porque queriam "experimentar a fragrância sexual da sua pretendente".


6. Casa do Cortejo - Camboja


No Camboja, os pais constroem pequenas cabanas para as suas filhas adolescentes.
Nessas cabanas elas podem explorar socialmente múltiplos parceiros sexuais.
Isso é feito para que a garota consiga encontrar seu único amor verdadeiro.



7. Lixamento de dente - Bali



Quando rapazes e moças balineses hindus atingem a puberdade, eles fazem um ritual para lixar seus dentes. Durante a cerimônia, os seus caninos superiores são desgastados até igualar com os incisivos(o quatro dentes da frente). A prática é extremamente dolorosa e livram os jovens de tendências más e preparam os jovens para o casamento.


8. Facas Finlandesas



Até o século 19, quando as jovens finlandesas atingiam a idade de se casar, seus pais colocavam bainhas de faca vazias em seus cintos. Se um pretendente visse uma garota de quem gostasse, ia até ela e enfiava a faca na bainha dela. Se a garota devolvesse a faca ao pretendente, significava que ela não estava interessada, mas se ela ficasse com a faca, significava que ela concordava em se casar com ele.


9. Comprando um encontro ou um casamento na Tailândia



Na província tailandesa de Chiang Rai, você pode comprar uma noiva.

Nesse ritual, o homem começa a flertar com uma mulher que se interessa, e se ela gostar dele, eles vão a um encontro. Depois do encontro, eles irão para a casa da mulher, onde o homem negociará com a mãe da moça o preço e o tempo que ela ficará com ele. No entanto, se o homem gostar muito da mulher, ele também poderá comprá-la para casamento.

9 Rituais de namoro mais estranhos do mundo

Curiosidades Relevantes

Leia Mais