CuriosidadeMundo BizarroA doença mais antiga do mundo

A doença mais antiga do mundo

Img Mobile - A doença mais antiga do mundo

A doença mais antiga do mundo é a Lepra, conhecida no Brasil como hanseníase. Segundo relatos históricos, esta enfermidade teria sido registrada pela primeira vez na história da humanidade em 1350 antes de Cristo.

A lepra era considerada uma praga na antiguidade. O tratamento para esta doença só foi desenvolvido na década de 1980. O problema é provocado por uma bactéria chamada Mycobacterium leprae (Hansen).

A lepra atinge os nervos e a pele, podendo levar a deformações. Os sintomas iniciais da doença são dores, sensibilidade em regiões do corpo, manchas vermelhas e dificuldade para realizar movimentos.

O Brasil é o segundo país no mundo com o maior número de casos de hanseníase, ficando atrás apenas da Índia. O tratamento da doença é chamado de poliquimioterapia.

Os povos antigos temiam muito a lepra, pois ela era conhecida por ressecar a pele e deformar nervos, músculos e ossos. A doença provoca muita dor e perda da sensibilidade. Durante muitos anos, os portadores da doença foram vítimas de preconceito.



+ Sobre essa Curiosidade: Lepra Doenças
Comentários:

Curiosidades Relevantes

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Coincidências Históricas - EUA
  • Saiba mais sobre o telefone
  • Estudo comprova que materiais substitutos do BPA também causam problemas à saúde humana
  • Pesquisa identifica que fotos do Instagram podem revelar depressão
  • Tataravó pede mordomos nus em seu 100º aniversário
  • As Leis Mais Camaradas do Mundo
  • Perigeu e Apogeu Lunar
  • Curiosidades sobre o Camboja

Você Sabia?

A pele humana é renovada 1.000 vezes ao longo da vida.