CuriosidadeHistóricasA Origem da Conservação dos Alimentos

A Origem da Conservação dos Alimentos

Img Mobile - A Origem da Conservação dos Alimentos

Você já parou para pensar como é que as pessoas faziam, lá na Antiguidade, para poder conservar os alimentos, sem possui energia elétrica e geladeira pra isso? Pois é, eles tentavam se virar do jeito que podiam.

O homem da pré-história aprendeu que deveria guardar as sobras dos alimentos. As primeiras experiências foram bem simples: os primeiros pedaços de um mamute foram secos ao sol e perceberam que a secagem da parte exterior possibilitava a conservação da parte interna.

Quando o fogo foi descoberto, aí surgiu a defumação. Usavam e abusavam das técnicas por eles desenvolvidas, como defumar, salgar ou secar ao sol o alimento, a fim de que pudessem armazenar o alimento por mais tempo. Essa conservação dos alimentos eram feitos para quando épocas de frio, seca ou escassez de alimentos chegassem, as reservas de alimentas já estavam abastecidas.

Carne de sol, secagem

Algumas técnicas eram tão boas que até hoje é possível ver pessoas utilizando a defumação e o salgamento dos alimentos, seja para preservá-los, seja para dar o sabor que essas técnicas proporcionam aos alimentos.

Peixe salgado, conserva

O que causa a deterioração dos alimentos?



Existem três causas principais que estragam os alimentos: a respiração, a fermentação e a putrefação.

A respiração, mesmo que na oxidação, causa alterações nas frutas, legumes e verduras, já que estes continuam vivos por algum tempo após a colheita. Nesse período, o oxigênio do ar reage com os carboidratos presentes neles, fazendo com que o dióxido de carbono seja eliminado, assim como a água e a energia, todos em forma de calor. Como não há reposição desses materiais perdidos, o alimento apodrece.

Pepino em conserva

Já a fermentação acontece quando alguns alimentos, como o leite e os sucos de fruta, sem o contato com o ar, sofrem outros tipos de reação. Quando isso ocorre, os carboidratos dos alimentos, sofrendo ação de alguns fungos microscópicos, se transformam em produtos como álcool e o ácido, eliminando o dióxido de carbono e a energia em forma de calor.

A putrefação consiste na decomposição dos alimentos pela ação de bactérias. As carnes os seus derivados são os alimentos que sofrem com esse processo, quando entram em contato com o ar, a umidade e o calor. Quando isso ocorre, há uma proliferação de bactérias, que fazem a decomposição dos alimentos.

Alimentos em conserva

Cuidados a serem tomados para evitar o estrago dos alimentos



Hoje o cuidado com os alimentos tem que ser maior. Principalmente aqueles que são produzidos em fazenda e indústrias. Além de ter um cuidado desde o seu transporte até a chegada à residência, o alimento também deverá receber o cuidado necessário para ser bem armazenado. Por isso que algumas embalagens produzidas estão sendo feitas para acondicionar melhor o alimento.

Quando um alimento é comprado, é preciso ter atenção quanto à validade do produto. Alimento que estiver fora do prazo pode estar estragado.
Observe também as embalagens dos alimentos. Veja se elas estão abertas, rasgadas, quebradas, amassadas. Tudo isso pode significar que o alimento sofreu alguma contaminação por micro-organismos, o que pode ocasionar problemas de saúde.



+ Sobre essa Curiosidade: Alimentos Conserva
Comentários:

Curiosidades Relevantes