CuriosidadeMundo BizarroA origem das notas musicais

A origem das notas musicais

Img Mobile - A origem das notas musicais

Nota musical é o nome que damos a um elemento sonoro formado por uma vibração no ar. Uma nota musical pode ser definida por claves e ser mais grave ou aguda. Fisicamente o som de uma nota musical é uma onda que se propaga pelo ar com determinada freqüência. O ser humano capta essa freqüência e a ela dá o nome de som. A combinação das notas musicais pode definir uma harmonia, melodia. Isso é uma arte conhecida como música.

As notas musicais básicas são chamadas de dó, ré, mi, fá, sol, lá e si. Sua origem é da música coral medieval. O responsável pela nomenclatura das notas foi o monge italiano chamado Guido d’Arezzo. Elas foram tiradas de um texto do hino a São João Batista. Eis o texto: Ut queant laxis,Resonare fibris,Mira gestorum,Famuli tuorum,Solve polluti,Labii reatu. Perceba que a primeira sílaba das primeiras palavras corresponde a uma das notas musicais (menos o Ut). Posteriormento o termo seria trocado por dó por sugestão do músico italiano Giovanni Battista Doni.

Nas línguas anglo-saxônicas a nomenclatura para as notas musicais é feita por letras. A é igual lá, B é igual a si, C é igual a dó, E é igual a mi, F é igual a fá e G é igual a sol. Os países da língua inglesa ainda utilizam alguns sinais para simbolizar bemol e sustenido.


Juliana Miranda - Equipe do SitedeCuriosidades.com



+ Sobre essa Curiosidade: Música Canção Musical
Comentários:

Curiosidades Relevantes

Nos siga

O site dos curiosos.

Curiosidades Diversas

Veja também

  • Quais foram os casamentos mais caros do mundo?
  • 10 bons hábitos para parar de roncar
  • Estudo descobre espuma metálica capaz de bloquear raios-X e radiação de nêutrons
  • Os Incidentes OVNI da Apollo 11
  • Quais as alergias mais bizarras do mundo?
  • Pesquisa revela que cérebro de pessoas com depressão sofre mudanças
  • 40 Fotos de Pais e Filhos idênticos na infância
  • Quem criou o CEP no Brasil?

Você Sabia?

O único alimento que não apodrece é o mel.