Invenções

As 12 invenções mais ridículas da década de 1920

Muitas pessoas gostam de romantizar a década de 1920, ressuscitando as tendências da moda e as novidades daquele período. No entanto, a década de 1920 teve muitas coisas bizarras, como, por exemplo, diversas invenções e comportamentos estranhos, ridículos e sem nenhum propósito.

Confira 12 invenções bizarras da década de 20!

O isolador

O isolador
Crédito da foto: Weburbanist

Este dispositivo extremo dos anos 1920 bloqueava a visão e os sons externos, para que as pessoas pudessem ficar mais focadas. O isolador foi criado por Hugo Gernsback, que também foi editor da revista Science and Invention.

Massageadores do globo ocular

Massageadores do globo ocular

O massageador ocular da década de 1920 é um exemplo perfeito de algo que parecia incrível, mas era horripilante. Os massageadores foram projetados para que pudessem ser pressionados até os olhos, oferecendo alívio para problemas oculares e reduzindo a necessidade de óculos. O dispositivo não funcionava e não provocava nenhum tipo de relaxamento para os tecidos ou músculos dos olhos.

O clube anti-namoro

O clube anti-namoro
Crédito da foto: Wikimedia

Um grupo de mulheres de Washington D.C. criou o grupo que era contra a paquera e o namoro. O Anti-Flirt Club foi criado para proteger as mulheres jovens do assédio indesejado dos homens. O grupo tinha um rigoroso conjunto de regras e proibia as mulheres de flertar, piscar, namorar estranhos, sorrir para estranhos, entre outras coisas.

Recolher pedestres

Recolher pedestres
Crédito da foto: Weburbanist

A colher para recolher pedestres foi projetada para os carros em 1924. A ideia era evitar acidentes e mortes no trânsito de Paris.

Óculos para ler na cama

Óculos para ler na cama
Crédito da foto: Hamariweb

Aqui está uma invenção assustadora dos anos 20! Esses óculos estranhos permitiam que uma pessoa lesse na cama sem forçar o pescoço.

Sentar no mastro da bandeira

Sentar no mastro da bandeira
Crédito da foto: Oldmagazinearticles

O mastro se tornou uma moda na década de 1920, como resultado de um desafio. O ator e dublê Alvin Shipwreck Kelly começou a tendência antes da Grande Depressão, quando seu amigo se atreveu a sentar-se em um mastro por 13 horas e 13 minutos. Em pouco tempo, outras pessoas começaram a fazer o mesmo. Um homem chegou a ficar sentado num mastro de bandeira por 51 dias e 20 horas.

Relógio Vintage

Relógio Vintage

Este relógio, que vinha com vários mapas retratando rotas de viagens populares, tinha como objetivo ajudar os motoristas a percorrer as estradas enquanto dirigiam. A ideia foi bastante inteligente e, obviamente, foi captada mais tarde com a invenção de dispositivos como o GPS.

Maiôs de madeira

Maiôs de madeira
Crédito da foto: Weburbanist

O maiô de madeira foi criado para promover produtos da indústria madeireira de Gray Harbour.

Pranchas de Surf Motorizadas

Pranchas de Surf Motorizadas
Crédito da foto: Blogspot

As pranchas motorizadas foram uma versão pioneira do hover board.

Máscaras de nado

Máscaras de nado
Crédito da foto: WordPress

Esta máscara de natação era horrível, mas até que foi uma boa ideia. A máscara tinha a intenção de proteger o rosto do sol, mas tinha um formato assustador.

Colete salva-vidas

Colete salva-vidas
Crédito da foto: WordPress

Os nadadores usavam vestes salva-vidas feitas com pneu de bicicleta na década de 20.

Roupas de praia à prova d’água

Roupas de praia à prova dágua
Crédito da foto: Weirduniverse

Mulheres recatadas e conservadoras usavam roupas de praia impermeáveis, que as mantinham cobertas da cabeça aos pés.
As 12 invenções mais ridículas da década de 1920

Você pode gostar também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em:Invenções